História

O que é a Teocracia? Origem, conceito e os povos que ainda a exercem

Na Teocracia, o Estado e a religião se unem na administração pública, o que garante o fortalecimento de ambos, se impondo sobre o cidadão comum.

Atualizado em 16/09/2019

A Teocracia é um sistema de governo onde os atos de gestão são vinculados às normas religiosas. O maior exemplo é o Estado do Vaticano, que é administrado pela Igreja Católica e seu chefe de estado é o Papa.

Há diferenciação, entretanto, entre a Teocracia e o Estado Monárquico Absolutista. Aqui o poder do rei tinha uma essência divina, só que Estado Igreja se separavam.

Já na Teocracia a gestão e a religião estão em união permanente.

Saiba o que é a Teocracia. De que forma foi exercida? Onde ainda existe?

Contexto Histórico

Na intenção de garantir sua vida, liberdade e patrimônio, os indivíduos decidiram se juntar em agrupamentos. Com o passar do tempo as famílias numerosas se uniram para formar tribos e se protegerem dos inimigos de fora.

Nesses primórdios de organização social, quanto mais crescia a população, mais complicado a organização. Então seus membros tiveram que abrir mão da vontade própria, posto que necessitavam de um governante.

Não tardou para que o líder escolhido se cercasse de garantias para se manter no poder. Uma delas era invocar poderes que ao povo não era dado conhecer.

Nascia aí o Estado e a religião. Com pouco prazo o rei passou a invocar para si afinidades divinas, originando a Teocracia.

Particularidades da Teocracia

A palavra Teocracia vem do grego “teo”, que significa Deus, somado a “cracia”, que quer dizer poder. Considerando a impossibilidade de qualquer divindade administrar diretamente, aos “escolhidos” é delegado esse poder.

As ações daqueles que são considerados representantes da divindade são consideradas de inspiração divina. Da mesma forma os atos praticados aos subordinados a que se delega poderes administrativos.

Com uma organização assim, fica difícil contestar qualquer decisão praticada, posto que seria uma afronta à própria divindade.

Saiba o que é a Teocracia. De que forma foi exercida? Onde ainda existe?

A Teocracia da Antiguidade

No Egito Antigo, o Faraó era tido como o filho dos deuses, por isso um ser inalcançável e sagrado. Ele permanecia recolhido em seu palácio e pouco saía, sendo proibido até olhar para sua imagem.

O Império Bizantino, ou Império Romano do Ocidente, é outro exemplo de Estado Teocrático. Nele se deu o que se chama de Cesaropapismo, que é uma estreita ligação entre Estado e Igreja.

Isso se ocorreu com Justiniano, que se tornou chefe da Igreja e entrou em conflito com o Papa.

Saiba o que é a Teocracia. De que forma foi exercida? Onde ainda existe?

A Teocracia na atualidade

O Vaticano é um Estado Teocrático Católico fundado em 1929, que se situa dentro da cidade de Roma. Seu governo é um sacerdote: o Papa, que é o sumo pontífice da Santa Sé.

Outro forte Estado Teocrático é o Irã, cujo governo está sobe o controle dos Aiatolás. Eles são líderes religiosos muçulmanos, uma vez que assumiram o poder na Revolução Islâmica de 1979.

Além do Irã, os demais países chamados Islâmicos possuem a Teocracia como sistema de governo. São exemplos: Paquistão, Afeganistão, Arábia Saudita e Mauritânia.

Gostou de ler sobre Teocracia? Então leia também uma matéria sobre a Roma Antiga: costumes, política e a vida no maior império da História.

Fonte: Wikipédia, Mundo Educação, Toda Matéria, Info Escola, Significados, Portal São Francisco, Conceitos, Politize, Aventura na História.

Fonte das imagens: YoutubeVeja, Info Escola, Sapo.