Geografia

O que é a chuva ácida?

A chuva ácida é resultante da crescente poluição ambiental e pode causar sérios riscos ao meio ambiente e também ao organismo humano.

Atualizado em 16/09/2019

Na chamada chuva ácida há a presença de ácidos que proveem de reações químicas na atmosfera terrestre.

Embora qualquer precipitação seja considerada ácida, somente haverá dano à natureza com alterações no pH.

A emissão de poluentes que saem do escapamento dos carros é a maior causa. Se até monumentos históricos são corroídos pela chuva ácida, imagine a reação do corpo humano.

Saiba o que é a chuva ácida, como ela ocorre e as maneiras preveni-la

Como se dá a chuva ácida?

Com qualquer presença do dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, a chuva já fica ácida. Só que é uma acidez pequena e que não causa dano algum.

Ocorre que a fumaça que sai do escapamento dos veículos automotores é extremamente tóxica. Nela há o óxido de enxofre (SO2 e SO3) e de nitrogênio (N2O, NO e NO2), que compõe a chuva ácida. Esses compostos reagem com as gotículas de água na atmosfera, formando o ácido sulfúrico (H2SO4) e o ácido nítrico (HNO3).

Além dos carros, no entanto, a poluição pode vir da fumaça oriunda das usinas termelétricas movidas a carvão. Também poluem as refinarias e as indústrias de celulose. Enfim, se um poluente gasoso é lançado na atmosfera, isso formará a chuva ácida.

Saiba o que é a chuva ácida, como ela ocorre e as maneiras preveni-la

As suas consequências

A chuva ácida atinge principalmente os países industrializados, posto que eles poluem mais. Só que esses poluentes podem se transportar pelo ar ou pela água. Assim, mesmo em lugares de natureza preservada, pode haver a poluição causada por uma chuva ácida.

A intensidade da emissão de poluentes das indústrias francesas, alemãs e inglesas são exemplo. Eles foram levados por correntes de ar até os lagos da Escandinávia, que se tornaram ácidos.

Esse tipo de chuva altera o pH do solo e da água, com isso destrói a cobertura vegetal e mata os micro-organismos. Vale lembrar que o Município paulista de Cubatão, no auge da poluição, provocou uma intensa chuva ácida.

Isso destruiu a vegetação que protegia a encosta da Serra do Mar, ocasionando erosões e desabamento.

Também a obra Os Doze Profetas, de Aleijadinho, em Congonhas/MG, estão sendo corroídas por esse tipo de poluição.

Efeitos nocivos ao nosso organismo

Quando cai a chuva ácida, os metais tóxicos chegam à água, que por sua vez é ingerida pelo homem. Isso pode causar sérios problemas de saúde no decorrer do tempo.

Ao beber continuamente água acidificada, o corpo humano sofre mutações em suas células. Isso provoca problemas renais e cardíacos, além de hipertensão. Há associação desse tipo de intoxicação com as doenças de Parkinson e de Alzheimer.

Saiba o que é a chuva ácida, como ela ocorre e as maneiras preveni-la

Como amenizar o problema?

A diminuição da chuva ácida pode se dar pelas fontes alternativas de energia, assim como carros menos poluentes. Filtros instalados nas chaminés das fábricas também são excelentes soluções.

Para tentar reduzir a poluição, diversos países se reuniram no Japão em 1997. Após bastante discussão, chegou-se à assinatura do Protocolo de Kioto, um marco na preservação ambiental.

Ficou acordada a tomada de várias decisões conjuntas e a longo prazo, com o fim de melhorar o ar do planeta. Para isso foi criada a Convenção de Mudança Climática das Nações Unidas. Mas a ausência dos Estados Unidos fez o Protocolo de Kioto perder forças.

Você curtiu ler sobre a chuva ácida? Então leia também sobre o lixo nuclear: onde é descartado, quais os perigo e os possíveis acidentes.

Fonte: Toda Matéria, Wikipédia, Info Escola, Mundo Educação, Brasil Escola, Hiper Cultura, Planeta Biologia, Significados, USP, Escola Kids.

Fonte das imagens: Viagens pela Geografia, Motor, Nacional Geographic, Organics News Brasil.