História

Movimentos sociais, como surgiram? Definição, história e objetivos

Os movimentos sociais surgem como uma forma de modificar o poder institucionalmente constituído ou então é uma maneira de ascensão social de certos grupos.

Atualizado em 02/07/2019

Podemos definir como movimentos sociais os que nascem de ações combativas de pessoas que têm interesses comuns.

Algumas mobilizações possuem considerável apelo social, posto que podem desestruturar poder constituído. E tem igualmente as que não possuem um avanço tão significativo, pois são simples manifestações.

É comum que os movimentos sociais surjam da iniciativa do povo, tanto por via revolucionária, quanto pacífica. Sua motivação é quase sempre alguma injustiça social, a partir da qual encorpam e podem conseguir alguma transformação.

A fundamentação dos movimentos sociais

Os movimentos sociais surgem tanto da iniciativa revolucionária quanto de movimentos pacíficos. Tanto ocorrem por obra da iniciativa particular, como igualmente por ações coletivas.

Movimentos sociais: que são, como ocorrem e quais suas consequências?

A ação coletiva de dado grupo organizado possui o propósito de obter modificações na sociedade. Ocorre que sua forma de atuação é a luta política, instrumento com o qual pretende alterar a ordem constituída.

É comum que os movimentos sociais entrem em conflito com o Estado legalmente instituído. A explicação é bem simples, vez que eles pretendem mudar a própria composição do Estado. A intenção é melhorar a sociedade, além de trocar as elites que dominam o poder estatal.

Como é composto um movimento social

Muitos fatores são necessários visando a criar um movimento social autêntico. Imprescindível é a elaboração de um bom projeto de ação, posto que tem que contemplar a motivação da questão.

Movimentos sociais: que são, como ocorrem e quais suas consequências?

Outro item importante é a ideologia, já que é a base de todo o movimento. A ideologia responde pela união entre os vários grupos sociais em benefício do movimento.

Para finalizar, os movimentos sociais precisam se hierarquizar, ou seja, encontrar líderes que o administrem. A estrutura hierarquizada é salutar para a sobrevivência da mobilização.

Alguns movimentos sociais no Brasil

Os movimentos sociais vêm desde o tempo do Império. Mas foi a partir do Golpe Militar de 1964 que eles se intensificaram. Os contrários ao regime de exceção se posicionaram de forma veemente, embora grande fosse a repressão.

Movimentos sociais: que são, como ocorrem e quais suas consequências?

Destacaram-se algumas mobilizações de relevo, como o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST). Salutar mencionar igualmente o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MSTS). E não se pode esquecer das mobilizações defensoras dos direitos dos negros e dos índios.

Some-se a tudo isso as paradas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBTTT). Esses são movimentos sociais que buscam igualdade social, assim como o fim da homofobia.

Por fim, há a atuação também das organizações não governamentais (ONGs), bem como dos sindicatos.

Quais são os movimentos sociais?

Somente para fins didáticos, os movimentos sociais foram classificados. Eles podem ser movimentos reivindicatórios, quando seu foco deve ser satisfeito de imediato. Mobilizam a opinião pública para alterar a ordem social na forma que lhe convêm.

Movimentos sociais: que são, como ocorrem e quais suas consequências?

Tem também os movimentos políticos, ou seja, aqueles que buscam atrair a sociedade a participar politicamente. Eles visam a convencer o povo a participar diretamente da política direta, com o fim de mudar a estrutura social.

É salutar mencionar igualmente os movimentos de classe, posto que querem a reversão da ordem social. Tencionam mudar os relacionamentos entre diferentes fatores na conjuntura nacional.

Leia também sobre: por que o Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março?

Fonte: Significados, Wikipédia, Info Escola, Toda Política, Guia do Estudante, Brasil Escola, Stoodi, Quero Bolsa, Toda Matéria, Sabedoria Política, Mundo Educação, Politize!

Fone das imagens: Correia, Artigo 19, Porém, Congresso em foco, Agência Brasil.