Outros assuntos

Método Indutivo, o que é? Conceito, principais características e exemplo

A ciência possui diversos meios para que pesquisas possam ser realizadas por cientistas de várias áreas, sendo o método indutivo um exemplo.

Atualizado em 01/05/2020

Para que estudos sejam realizados é necessária, na maioria das vezes, a utilização de métodos científicos. Assim, os métodos são um conjunto de regras que guiam a pesquisa de cientistas até chegarem a uma conclusão verídica. Um dos métodos utilizados nas ciências é o método indutivo.

Esse método é baseado na análise de dado objeto ou situação e, após as observações, comprova-se o fato de maneira genérica. Ou seja, é um método que utiliza fatos particulares ou conceitos já definidos, estabelecendo assim, uma regra geral. Neste caso, é um processo baseado em dados gerais.

Além do método indutivo, outros métodos também são utilizados na ciência a fim de obter uma demonstração da verdade. Um fato interessante é que a origem do termo método vem do grego e significa “caminho para chegar a um fim”.

Mas afinal, como é realizado o método indutivo? Vamos descobrir!

Método Indutivo

Se baseando na dedução, ou seja, na análise de algo específico, o método pretende observar uma situação para chegar a uma verdade. Neste caso, a conclusão genérica pode ser verdadeira ou falsa. Assim, por meio de uma ideia inicial – que pode ser verdade ou não – o método é aplicado.

Método Indutivo, o que é? Conceito, principais características e exemplo
Estácio Web Aula

Mas como assim? Observe estas afirmações: todo cão é mortal, todo gato é mortal, todo pássaro é mortal. O que isso quer dizer?

Bem, por meio da aplicação do método, ou seja – observação do fato/fenômeno, descoberta da relação entre os fenômenos e a conclusão genérica – é possível dizer que todos os animais são mortais. Neste caso, o método indutivo também pode ser aplicado como forma de gerar novos conhecimentos.

Dessa forma, a conclusão pode ser um resultado que não estava previsto na premissa, ou seja, na ideia inicial. Neste caso, a pesquisa partiu da ideia verdadeira que cão, gato e pássaro são mortais e conclui que todos os animais são mortais.

Observe, então, que a análise foi feita a partir de situações específicas – cão, gato, pássaro – para chegar numa regra geral – todos os animais. Portanto, o método é muito utilizado na ciência para sugerir uma verdade. Entretanto, não pode garantir que essa verdade seja concreta.

Francis Bacon e o Método Indutivo

O cientista e filósofo, Francis Bacos, foi quem distinguiu a questão do que era ou não ciência. Ou seja, para ele, a ideia de que os fatos propostos pela filosofia não podiam ser considerados verdades absolutas, já que não eram passíveis de provação.

Método Indutivo, o que é? Conceito, principais características e exemplo
Filosofia na escola

Além disso, o filósofo foi o primeiro a utilizar o método experimental. Assim, Francis questionava as ideias que não eram cientificamente verídicas e acreditava na teorização das coisas e da natureza. Com isso, o filósofo incentivou os estudos pautados na teoria e na experiência.

Dessa forma, Francis dividiu o método científico em etapas, sendo elas:

  • Coleta – consiste no agrupamento de informações por meio da observação da natureza;
  • Sistematização dos dados – após a coleta, o pesquisador reúne e organizava os dados de forma racional e sistemática;
  • Elaboração de hipóteses – etapa em que perguntas são criadas com base na ideia inicial feita pela observação;
  • Conclusão – validação das ideias inicias após as experimentações.

Método Indutivo x Método Dedutivo

O conceito de método indutivo e dedutivo é semelhante. Isso porque, os dois tipos de pesquisa científica iniciam com uma ideia verdadeira no intuito de chegar à verdade. Mas então, o que difere os dois métodos?

Método Indutivo, o que é? Conceito, principais características e exemplo
Caminho para aplicação do método científico.

Bom, enquanto o método indutivo parte da análise específica para chegar a algo generalizado, o método dedutivo inicia com a análise generalizada para chegar no específico. Dessa forma, o método dedutivo é importante em disciplinas exatas, pois possibilita a teorização daquilo que não pode ser demonstrado na prática.

Além disso, na indução, a pesquisa parte de uma ideia verdadeira com o intuito de sugerir a verdade. Porém, não pode garanti-la. Já no método dedutivo, a conclusão é obtida por meio de teorias já existentes e, por isso, são consideradas verdades.

E então, gostou da matéria? Aproveitando o assunto, confira também o que é Método Científico e que significa Sociedade.

Fontes: Toda Matéria, Todo Estudo, Significados e Meu artigo Brasil Escola 

Imagens: Pós-GraduandoEstácio Web Aula, Filosofia na EscolaProfiGestão

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.