Geografia

Floresta Amazônica: conheça a maior floresta do mundo

A Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo, totalizando uma porcentagem de 40% dentre as florestas tropicais existentes no planeta Terra.

Atualizado em 26/08/2019

A Floresta Amazônica é considerada a maior floresta tropical do mundo, de tal sorte que também é riquíssima em biodiversidade.

Ela faz parte do Bioma Amazônia, o maior dos seis biomas brasileiros.

O desmatamento crescente na Floresta Amazônica é preocupação no mundo todo e a sua conservação é discutida em âmbito internacional.

Características principais da Floresta Amazônica

Está localizada no Norte da América do Sul e abrange os Estados do Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia, Pará e Roraima.

Está também presente, a saber, no Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

Seu clima é o equatorial, visto que é marcada por elevadas temperaturas e umidade do ar. Chove bastante na região, afinal ela tem índice pluviométrico que varia entre 1.400 a 3.500 mm por ano.

Seu solo é pobre e com poucos nutrientes, só que o húmus proveniente de decomposições é rico.

Você sabia que a Floresta Amazônica é a maior do mundo?

Uma floresta de árvores gigantes

A Floresta Amazônica é uma floresta tropical bem densa, posto que apresenta árvores de grande porte.

A vegetação é dividida em:

  • Mata de Várzea, que se localiza em áreas baixas e se inunda de acordo com as cheias dos rios. Espécies da várzea: seringueira, andiroba, jatobá e samaúma.
  • Mata de Igapó, localizada em áreas ainda mais baixas e portanto está sempre alagada. Ali ocorrem: vitórias-régias, buritis, bromélias e orquídeas.
  • Mata de Terra Firme é aquela encontrada na maior parte da Floresta Amazônica, visto que a vegetação é de maior porte. Exemplo: castanheira.

Na Floresta Amazônica há milhares de espécies animais

Por ter uma flora tão diversificada, a Floresta Amazônica também abriga diversas espécies animais.

Nela podemos encontrar as onças: pintadas, suçuaranas e jaguatiricas. Tem também peixes-boi, pirarucus, jabutis, ariranhas, tucanos, araras, jiboia e sucuri.

Os números da biodiversidade deixam pasmado:

  • 311 espécies de mamíferos
  • Mais de 1.300 espécies de aves
  • 427 espécies de anfíbios
  • Mais de 3.000 espécies de peixes
  • 1.800 espécies de borboletas
  • Mais de 30.000 espécies de plantas
  • 378 espécies de répteis
  • Até 3.000 espécies de abelhas

Muitas dessas espécies são endêmicas, isto é, só existem na Região Amazônica.

Você sabia que a Floresta Amazônica é a maior do mundo?

Problemas com a conservação da Floresta Amazônica

Muitas ameaças põem em risco tamanha diversidade, a exemplo:

  • Disputa de terras
  • Queimadas
  • Desmatamento
  • Assentamentos humanos
  • Pastagens
  • Caça e pesca ilegal

Apesar da fiscalização, grande ainda é o desmatamento na Floresta Amazônica, sobretudo no Estado do Pará.

Sem contar que o desmatamento libera quantidade significativa de gases de efeito estufa na atmosfera.

A Amazônia Legal visa desenvolver a região

Criada em 1953, a Amazônia Legal é uma área que abrange nove Estados brasileiros. São eles: Acre, Amapá, Pará, Amazonas, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Tocantins e Maranhão.

Ela compreende, aproximadamente, 61% de todo o território brasileiro.

O conceito de Amazônia Legal foi instituído pelo governo para planejar e promover o desenvolvimento social e econômico da região.

Curiosidades sobre a Floresta Amazônica

Os cientistas calculam que ela exista há pelo menos 55 milhões de anos.

Cerca de 400 bilhões de árvores de 16 mil espécies diferentes crescem na floresta.

No dia 5 de setembro é comemorado o Dia da Amazônia, na lembrança de que, no dia 5 de setembro de 1850, foi criada província do Amazonas por D. Pedro I.

Se você curtiu ler sobre a bela Floresta Amazônica, não pode deixar de ler também sobre a Bacia Amazônica e as riquezas naturais da maior bacia hidrográfica do mundo.

Fonte: Toda Matéria, Info Escola, eCicle, Brasil Escola, WWF, Greenpeace, Sua Pesquisa, Estudo Prático.