Geografia

Bacia Amazônica: conheça as riquezas naturais da maior bacia hidrográfica do mundo

Bacia Amazônica, maior reserva de água do planeta, é composta por riquezas naturais incalculáveis. Infelizmente, encontra-se ameaçada.

Atualizado em 06/11/2018

A Bacia Amazônica é uma das bacias hidrográficas do Brasil, considerada a maior do país e do mundo. É formada por todos os rios, córregos e demais tipos de mananciais que deságuam suas águas no rio Amazonas.

Essa bacia abrange Estados brasileiros (Amazonas, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará e Amapá) e também países vizinhos (Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana e Bolívia).

A importância da maior bacia hidrográfica do mundo

Bacia hidrográfica é a área para onde escoam as águas de uma região. No caso da Bacia Amazônica, ela possui aproximadamente 7 milhões de Km2 de extensão, sendo 4 milhões de Km2 no território brasileiro (que corresponde a 42% do território nacional) e o restante no  Peru, Bolívia, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana e Suriname.

Está localizada em grande parte no norte do país e uma porção do centro-oeste, e possui grande importância ambiental, uma vez que detém a maior quantidade de água doce do planeta. Sem contar que a região abriga a floresta amazônica, que é a maior floresta tropical do planeta, com rica diversidade de fauna e flora. Contém também a mais variada diversidade de peixes da Terra, com cerca de 3.000 espécies.

A Bacia Amazônica tem rios com grande volume de água e portanto com considerável potencial de produção de energia elétrica. A Bacia Amazônica se localiza na planície Amazônica, o relevo é plano, condição essa que permite que quase todos os rios que integram a bacia, inclusive o Amazonas, sejam navegáveis.

Rios que integram a Bacia Amazônica

Dentre os tantos rios que formam a Bacia Amazônica, destacamos como principais:

  • Rio Amazonas
  • Rio Negro
  • Rio Solimões
  • Rio Madeira
  • Rio Trombetas
  • Rio Purus
  • Rio Tapajós
  • Rio Branco
  • Rio Javari
  • Rio Juruá
  • Rio Xingu
  • Rio Japurá
  • Rio Iça

Ameaças que podem pôr fim ao tesouro natural

A Bacia Amazônica nunca esteve tão ameaçada quanto na atualidade. Além do desmatamento da floresta, tem também a construção de hidroelétricas e estradas. Importante igualmente ressaltar a exploração de minérios, as mudanças climáticas e extração de petróleo.

E que dizer do crescimento desordenado das cidades? O aumento populacional consome mais recursos naturais e incentiva o comércio ilegal de peixes, tartarugas e carne silvestre.

Tudo isso pode perturbar os ciclos de inundação da Bacia Amazônica, alterando a sedimentação, a qualidade da água e os habitats que peixes, tartarugas e outras espécies aquáticas e terrestres dependem para sua sobrevivência.

Se você gostou de conhecer a Bacia Amazônica, não pode deixar de ler sobre as fontes alternativas de energia.

Fonte: Brasil Escola, Toda Matéria, Mundo Educação, Info Escola, Mundo Vestibular.