Geografia

Escudos cristalinos: as rochas mais antigas e resistentes do planeta

Os escudos cristalinos ou macicos antigos, são as rochas mais velhas e resistentes da Terra, capazes de resistir à erosão e ao intemperismo.

Atualizado em 09/07/2019

Os escudos cristalinos, que também recebem o nome de maciços antigos, são um tipo de estrutura geológica resistente à erosão e ao intemperismo.

Os escudos cristalinos são formações geológicas muito resistentes e que ocorrem geralmente em áreas de baixa altitude, próximas ao nível do mar. Sua constituição são rochas cristalinas metamórficas (derivadas de transformação) e magmáticas (derivadas de erupções), resistentes à erosão e ao intemperismo (processos que desintegram ou decompõem). São as formações rochosas mais antigas do planeta.

Sua formação ocorreu no período pré-cambriano, época em que se formaram também os oceanos, muitos minerais e estima-se que surgiu a primeira vida multicelular. Devido a essa formação tão primitiva, pode ser encontrada em sua estrutura grande quantidade de recursos minerais.

Classificação dos minerais encontrados

Nos escudos cristalinos é possível encontrar basicamente dois tipos principais de minerais:

  • Os não metálicos, que estão na formação mais antiga, e são eles: granito, diorito, quartzo, ardósia, feldspato, amianto e Magnesita.
  • Os metálicos, localizados em área mais recente, de valor e uso comercial, que são: ferro, ouro, chumbo, bauxita, estanho, cobre, manganês, níquel, cobalto e cromo.

Você sabe como se formam os escudos cristalinos?

Os escudos cristalinos são estruturas que vêm da formação de nosso planeta, quando a superfície da Terra era de magma e meteoritos, que chamamos de rochas plutônicas (formadas pela lenta cristalização de um magma em profundidade).

Com o transcurso do tempo geológico, a Terra resfriou e solidificou o magma, formando superfícies. Elas sofreram bastante com o intemperismo, até que se compactaram e se transformaram em outras superfícies rochosas.

Tais superfícies compactadas e sujeitadas durante milhares de anos à pressão e altas temperaturas se transformaram em novas estruturas, que se cristalizaram em algumas regiões. Surgiram aí os escudos cristalinos.

Serra do Mar

Escudos cristalinos no Brasil

No Brasil temos três áreas principais formadas com essa estrutura:

  • Escudo do Brasil Central, que fica na porção central e norte;
  • Escudo Atlântico, que está na região centro-leste.
  • Escudo das Guianas, localizado no norte do país;

Os escudos cristalinos no Brasil podem ser encontrados em 36% do território nacional. Sua composição varia de acordo com o terreno de sua formação:

  • 32% do território nacional se localiza em terrenos formados no arqueozoico.
  • 4% do país está em terrenos proterozoicos, em que há a significativa quantidade de minérios, a exemplo do ferro.

Muitos minérios são extraídos do escudos cristalinos

Nos escudos cristalinos brasileiros são explorados diferentes tipos de minérios visando o comércio. São eles:

  • O minério de ferro é bem explorado principalmente no quadrilátero ferrífero mineiro e na Serra dos Carajás paraense;
  • O manganês tem grandes reservas no maciço de Urucum, no Mato Grosso do Sul; na Serra do Navio, no Amapá; no município de Conselheiro Lafayette, em Estado de Minas Gerais; e na Serra dos Carajás, no Pará;
  • A bauxita é explorada na região do rio Trombetas, no Pará;
  • A cassiterita é explorada nos Estados do Amazonas, Rondônia e Pará.

Quem diria que formações rochosas tão antigas fossem tão ricas! E por falar em relevo brasileiro, você sabe quais são os principais tipos?

Fonte: Mundo Educação, Sua Pesquisa, Pensamento Verde, Toda Matéria,