Ciências

Cromossomos – Estrutura, Composição e Curiosidades

Os cromossomos são estruturas que são formadas por uma molécula de DNA. e além disso também estão associadas a moléculas proteicas.

Atualizado em 10/09/2020

Os cromossomos são estruturas que são formadas por uma molécula de DNA. Que são também, associadas a moléculas protéicas. Todavia, podem ser definidos também como filamentos de cromatina espiraladas, que estão presentes no núcleo de todas as células.

A cromatina é estruturada por moléculas de DNA, que estão associadas com duas classes de proteínas: Histonas e Não-histonas. Aliás, ela também pode ser apresentar sob a forma de heterocromatina ou eucromatina.

A heterocromatina consiste em DNA bastante condensado, inativo que não pode transcrever os genes. Já a eucromatina se baseia no DNA ativo que pode realizar a transcrição.

Cromossomos: Estrutura, Composição e Curiosidade

Estrutura dos cromossomos

Em outras palavras, os cromossomos são formados por DNA e proteínas, chamadas de cromatina.  Ao passo que certamente essas proteínas ajudam a molécula de DNA se enrolar, o que reduz assim o seu comprimento. Além disso, é observado a presença de outras proteínas, sendo essas denominadas de histonas.

Por isso, a partir do momento que a célula entra no processo de divisão celular, é possível verificar mudanças na estrutura da cromatina. Portanto, ela se torna altamente comprimida, formando assim os cromossomos. Aliás, durante a fase de metáfase, tende-se a observar um período de maior condensação, conseguindo assim contar e analisar melhor os cromossomos.

Assim sendo, à medida que os cromossomos ficam mais visíveis, aumenta a percepção dos dois filamentos chamados de cromátides, estando estes ligados pelo centrômero. Como resultado desse ligamento é formado as cromátidesirmãs, que ao final da divisão se separam.

Divisão de um cromossomo

Cromossomos: Estrutura, Composição e Curiosidade
Divisão do Cromossomo – Fonte: Stoodi

De fato de acordo com a posição do centrômero é possível classificar em quatro tipos:

  • Telocêntricos: basicamente são aqueles que possuem o centrômero em um das extremidades, tendo apenas um braço;
  • Submetacêntricos: centrômero deslocado para um dos braços do cromossomo;
  • Metacêntricos: possuem o centrômero no meio, formando dois braços de mesmo tamanho;
  • Acrocêntricos: centrômero localizado mais próximo da extremidade

No entanto, existem ainda outras partes como:

  1. Cromômeros: Engrossamentos bastante irregulares com aspecto de granulações, presentes em toda a extensão da cromatina;
  2. Cromatídeos: São o resultado da divisão longitudinal do cromossomo durante a divisão celular;
  3. Zona SAT: Porção do cromossomo relacionada com a formação do nucléolo durante a telófase;
  4. Centrômero: Constrição primária que divide o cromossomo em 2 braços e influencia o movimento durante a divisão celular. Portanto, há um único centrômero por cromossomo, embora haja organismos dicêntricos ou policêntricos;
  5. Satélite: Parte terminal de material cromossômico separado do cromossomo por uma constrição secundária;
  6. Telômeros: São as extremidades finais dos cromossomos que o protegem da degradação.

Curiosidades sobre cromossomos

Cada espécie tem uma quantidade específica de cromossomos. Observe o quadro a seguir.

Humanos: 46

Ratos: 44

Galo: 78

Minhoca: 32

Porco: 40

Caracol: 24

Gostou de entender sobre como funciona os cromossomos? Então você vai gostar de ler essa máteria Célula, o que é? Definição, teoria celular e classificação estrutural.

Fontes: BiologiaIrene , BrasilEscola,TodaMateria, InfoEscola

Fonte da imagem principal: R7