Geografia

Maiores montanhas do Brasil – Conheça o top 5 da lista

Montanhas, esses cumes que sempre fascinaram a humanidade, desde o primórdio dos tempos. Conheça agora as 5 maiores do Brasil.

Atualizado em 23/08/2019

As montanhas fascinam o ser humano desde os primórdios dos tempos. Aliás, sempre olhamos para elas e nos perguntamos: que será que tem do outro lado?

Os alpinistas, inclusive, se arriscam e se superam para chegar ao cume. E não é exagero dizer que as montanhas estão no imaginário de todas as civilizações.

Na mitologia, por exemplo, temos vários registros disso. Na Grécia, o Monte Olímpio era o morada dos deuses.  No Japão, o Monte Fuji ainda é considerado a passagem para o outro mundo.

Na China, a mitologia Taoista prega que os imortais vivem no cume dos grandes montes. E, no Brasil, temos a crença de que no Monte Roraima habita o deus Macunaíma.

Por causa desse fascínio todo que as montanhas provocam nas pessoas, resolvemos listar os cinco picos mais altos do país. A seleção, inclusive, é do Projeto Pontos Culminantes, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

Top 5 das maiores montanhas do Brasil:

1ª lugar – Pico da Neblina (2.995 m) na Serra do Imeri (AM)

Basicamente, o Pico da Neblina é o ponto mais alto do Brasil. Localizado no Estado do Amazonas, ele fica na Serra do Imeri (Planalto das Guianas). Aliás, essa é exatamente a fronteira entre Brasil e Venezuela, Município de Santa Isabel do Rio Negro-AM.

Seu nome, inclusive, se deve ao fenômeno natural que acontece em suas partes mais altas: quase que o ano todo, seu cume fica encoberto por uma densa neblina.

A primeira vez que foi registrada a presença humana no Pico da Neblina foi em 1965. Na época, militares desbravaram a região durante uma expedição do Exército Brasileiro.

2º Lugar – Pico 31 de Março (2.974 m) na Serra do Imeri (AM)

Em segundo lugar, está o Pico 31 de Março. Localizado no mesmo maciço do Pico na Neblina, ele está a apenas 687 metros dele, e pode ser considerado um cume secundário. Os dois picos, aliás, são ligados por uma curta crista de serra.

Sobre sua localização, ele está situado no Amazonas, na divisa entre Brasil e Venezuela. Este, inclusive, é considerado o ponto mais alto do país vizinho fora dos Andes.

Já, sobre seu nome, se trata de uma homenagem ao dia 31 de março de 1964, quando o Golpe Militar depôs o presidente João Goulart e iniciou a ditadura no Brasil. Como foi escalado pela primeira vez no mesmo ano do golpe, e por uma expedição militar, ele foi batizado assim.

3º lugar – Pico da Bandeira (2.891 m) na Serra do Caparaó (MG/ES)

O Pico da Bandeira é o terceiro ponto mais alto do Brasil e fica na Serra do Caparaó, divisa de Minas Gerais e Espírito Santo. Na região existem várias das montanhas mais altas do país. Tem esse nome por determinação do Imperador Dom Pedro II, que supunha ser o mais alto do país e ali mandou espetar uma bandeira do Império (1859).

É a pico de melhor acesso entre os maiores do Brasil e fica na Serra do Caparaó, que é uma ramificação da serra da Mantiqueira.

4º lugar – Pico Pedra da Mina ( 2.798 m) na Serra Fina (MG/SP)

O Pico Pedra da Mina é o cume mais alto do Estado de São Paulo e fica na divisa dos Municípios de Queluz-SP, Lavrinhas-SP e Passa Quatro-MG. Foi oficialmente escalada pela primeira vez em 1955. Não está dentro de de nenhum parque, mas se inclui na Área de Proteção Ambiental Serra da Mantiqueira.

A trilha para se chegar ao local é difícil, pois ela está num dos lugares mais inacessíveis da Mantiqueira. Integra o maciço da Serra Fina.

5º lugar – Pico das Agulhas Negras (2.790 m) no Parque Nacional do Itatiaia (RJ)

O Pico das Agulhas Negras é o quinto ponto mais elevado do Brasil. Foi escalado pela primeira vez em 1919. Localiza-se no Parque Nacional de Itatiaia, entre os Municípios de Itatiaia-RJ, Resende-RJ e Bocaina de Minas-MG. Tem esse nome porque seu cume possui coloração escura e parece mesmo agulhas que apontam para o céu.

O grau de dificuldade para se chegar ali é alto. E há um livro de assinaturas, dentro de uma caixa metálica, aguardando os mais ousados. Mas para chegar até ele, que está próximo ao cume, é preciso atravessar agachado por pequenos corredores espremidos entre as pedras e se pendurar em agarras de rochas.

Não é curioso saber sobre os principais cumes do Brasil? E com certeza você se interessará em conhecer também sobre os escudos cristalinos, que são as rochas mais antigas do planeta.

Fontes: Extremos, Adventure Club, Mochileiros.