Geografia

Meteorologia: não saia de casa sem antes consultar esta matéria

A meteorologia se aperfeiçoou bastante enquanto ciência e hoje é capaz de prever as manifestações atmosféricas com excelência na qualidade.

Atualizado em 02/10/2019

A ciência da meteorologia estuda os dados coletados nas manifestações da atmosfera da Terra. Isso conta atualmente com modernos aparelhos de coleta de informações, bem como imagens de satélites.

A precisão com que os dados são interpretados passou a influenciar diretamente em nossa vida. O crescimento da audiência nas previsões do tempo na TV provam sua credibilidade.

Não há quem não consulte antes como estará o tempo num lugar, antes de comprar um pacote de viagem. E a essa dependência também está vinculada a agricultura, as obras públicas, as viagens marítimas e aéreas.

Meteorologia: não saia de casa sem antes consultar esta matéria

História da previsão do tempo

Há mais de dois séculos que o homem estuda o clima para tentar prevê-lo, só que a meteorologia se firmou a partir do século XVII.

Nos séculos XVIII e XIX, a troca de dados entre diversos países possibilitou criar uma cadeia de intercâmbios. O homem passou a compreender o clima como um todo e não apenas regionalmente.

Mas foi a partir do século XX que a meteorologia como a conhecemos hoje se firmou como ciência. É que houve o desenvolvimento de técnicas de observação mais apurada da atmosfera e boa troca de dados.

Destaque também para a informatização dos sistemas, o que possibilitou eficiência na interpretação dos dados coletados. Também a troca de informações meteorológicas passou a ser feita em tempo real e isso primou pela qualidade do serviço.

Meteorologia: não saia de casa sem antes consultar esta matéria

A aplicação da meteorologia

A ciência da meteorologia se dedica a estudar a manifestação dos fenômenos da atmosfera. Eles ocorrem num período bem curso a que os meteorologistas chamam de “tempo”, sendo que têm localização exata.

Há uma interpretação dos dados coletados, como a pressão atmosférica, a umidade, a temperatura, a regularidade das chuvas etc. Tudo isso é confirmado pelas indispensáveis imagens de satélite.

Na atualidade, a meteorologia alcançou um considerável grau de excelência. Ela já é capaz de prever, com rigor de regularidade, como estará a atmosfera em dado período. Isso nos permite saber, por exemplo, se podemos marcar uma viagem no fim de semana.

Essa precisão só foi alcança, entretanto, há pouquíssimo tempo, posto que se desenvolveram bons aparelhos. Era comum em décadas próximas os meteorologistas errarem feio em suas previsões. Isso virou até motivo de piadas da população.

O tempo não é clima

Uma confusão que comumente se faz diz respeito à mistura dos conceitos relativos a tempo e clima. Só que eles não se confundem, sendo necessário uma diferenciação, embora se complementem.

No clima a observação dos fenômenos atmosféricos é feita a largo prazo e numa dada região. Ali se faz uma média do comportamento da meteorologia em períodos mais longos, como os anos.

O tempo já é uma previsão a prazo mais curto. Podemos citar como exemplo que o tempo do Nordeste, neste momento é chuvoso, mas o clima é seco.

Meteorologia: não saia de casa sem antes consultar esta matéria

A importância das previsões meteorológicas

Já deu para notar o quanto as moças do tempo ganharam destaque nos noticiários da TV ultimamente. Mostrar se vai chover ou não amanhã ou no fim de semana virou um show recheado de efeitos especiais. É interessante ver as apresentadoras falar de zona de convergência intertropical ou ventos alísios.

Esse destaque todo tem uma motivação que se chama crescimento da audiência, posto que dá para confiar na notícia. Chegaram ao requinte de dizer que daqui a uma semana a chuva vai parar e a estiagem vem mesmo.

A interpretação dos dados coletados interfere diretamente no cotidiano de todos nós. Tanto os órgãos governamentais quanto o cidadão comum necessitam dessas informações. A agência de turismo não vende o pacote de viagem para a praia com previsão de chuva, nem o agricultor planta se há seca.

Gostou de saber sobre a meteorologia, então leia também sobre o que é paisagem e quais tipos de paisagem existem.

Fonte: Wikipédia, Info Escola, UFPR, IAG, Deviante, Nossa Ciência, Guia do Estudante, INMET, Sectec, Guia da Carreira.

Fonte das imagens: FRCU, Wikipédia, Hora da Escola, PPP.