Geografia

Manguezal: o ecossistema considerado um grande berçário

O manguezal é essencial para muitas espécies e promove o equilíbrio ambiental das regiões em que se encontram, embora esteja seriamente ameaçado

Atualizado em 23/01/2019

O Manguezal (ou mangue) é um ecossistema que ocorre na região costeira, típico de locais que se alagam. Sua presença se dá na Zona Tropical e Subtropical em várias partes do planeta.

É rico em biodiversidade e as raízes das plantas ficam expostas para melhor retirar oxigênio, assim como se fixar mais no solo úmido.

Embora seja reconhecido como vital para muitos ambientes, o mangue vem sofrendo com a degradação ambiental. É que empreendimentos imobiliários surgem na beira-mar e destroem tudo para aproveitar o terreno, bem como as mudança climáticas.

Você sabia que o Manguezal é um berçário de muitas espécies?

Um local rico em nutrientes

O termo Mangue pode ser usado como sinônimo de Manguezal, assim como para designar as plantas que lá vivem.

O Manguezal é um ecossistema bem rico em nutrientes, posto que há muita matéria orgânica que ali se decompõe. Isso serve para alimentar grande cadeia como crustáceos e alguns tipos de peixes, sem contar que ali moram os caranguejos.

Com a exploração racional e controlada, dá para as famílias ribeirinhas viverem do extrativismo sem agredir o meio ambiente. Pelo fato de os Manguezais possuírem solo com baixa oxigenação e bastante lama, as árvores têm raízes aéreas para buscar oxigênio.

Você sabia que o Manguezal é um berçário de muitas espécies?

A flora denominada Mangue

Há uma classificação de vegetais que usa como critério as condições de sobrevivência nos ambientes lodosos dos Manguezais:

  • Mangue-branco (laguncularia racemosa): que se acha em terrenos mais elevados de solo firme e arenoso;
  • Mangue-vermelho (rhizophora mangle): é uma árvore típica da região e cuja casca, ao ser rapada, tem cor avermelhada.
  • Mangue-preto (avicena schaueriana): é uma espécie típica de manguezal, destacando-se por possuir uma glândula que elimina o sal absorvido.

Uma observação interessante é que o Mangue Branco é a única espécia encontrada no Arquipélago de Fernando de Noronha.

A rica fauna nos Manguezais

A fauna dos manguezais é composta por várias espécies de peixes, moluscos e crustáceos, sendo que ali também tem tem anfíbios, aves, mamíferos e répteis.

Nessa excepcional fauna há inclusive ostra, camarão, caranguejo, lagarto, cobra e lontra. Encontram-se igualmente peixe-boi, mexilhão, tartaruga e gaivota, urubu, garça e gavião.

Você sabia que o Manguezal é um berçário de muitas espécies?

Devastação e importância

A devastação do meio ambiente vem ameaçando os Manguezais mundo afora em escala alarmante. Há um crescente desequilíbrio ecológico ocasionado pela ocupação imobiliária, turismo sem controle, poluição e as mudanças climáticas.

A biodiversidade desse ecossistema rico em matéria orgânica é um berçário natural de imenso valor ecológico. Muitos animais encontram ali ambiente seguro para sobreviver e se reproduzir, tantos os típicos da região quanto os que migram.

Não é interessante saber um pouco mais sobre os Manguezais? Não deixe de ler uma matéria sobre o Pantanal, a maior planície que inundável do planeta.

Fonte: Wikipédia, Toda Matéria, Info Escola, Mundo Educação, Brasil Escola, Cola da Web, Educação, Escola Britânica, Sua Pesquisa.

Fonte das imagens: Youtube, TV Brasil, PesquisaPortal Correio,