Biologia

Fígado – Características, funções e doenças relacionadas ao orgão

O fígado é considerado um dos maiores órgãos do corpo humano e essencial para a digestão. Pois, ele metaboliza e armazenar nutrientes.

Atualizado em 13/05/2020

O fígado é um órgão do corpo humano, com cerca de 9 cm, que faz parte do sistema digestório. Ele é extremamente, pois metaboliza e armazena nutrientes (proteínas, carboidratos e lipídeos). Localizado na parte direita superior do abdômen, abaixo do diafragma, pesa cerca de 1 kg a 1,5 kg.

Nesse sentido, o fígado não recebe somente nutrientes, ele também absorve substancias tóxicas como o álcool ou substancias virais. Você vai entender, abaixo, o quanto este órgão trabalha para o funcionamento do seu corpo. Também vai compreender as produções extremas que fazem dele um dos mais importantes órgãos.

Características

Fígado - Características e funções

A regulação do metabolismo depende, e muito, do fígado. É ele o responsável por armazenar e liberar a glicose, principal produtora de energia para o desempenho de todas as outras funções do corpo. Todavia, este órgão também desempenha a função da exportação de lipídios em forma de cetônicos para o cérebro, e outros tecidos, já que não conseguem realizar a produção.

Além disso, ele secreta a bile que antes ficou armazenada da vesícula. A produção em média do líquido chega a ser de 500 a 1ooo ml de bile. Acredite, é muita coisa! Este fluído é super importante para a dissolução, ou reaproveitamento, da gordura.

Como forma de filtro, o fígado também tem a função de transforar a amônia em ureia, mas de uma forma bem mais leve e suportável para os nosso rins, já que sua composição é muito mais tóxica do que a urina. Portanto, é através dessa função que expelimos toxinas do nosso organismo.

Funções do fígado na digestão

Fígado - Características e funções

Bem como dito acima, a digestão precisa deste órgão para desempenhar funções como a transformação da galactose e a frutose em glicose. Sem essa fonte de energia, não tem como funcionar o sistema digestivo. Essa transformação também vale para distribuir, quando necessário, o açúcar para o sangue.

Doenças relacionadas ao fígado

Fígado - Características e funções

Seja como for, nunca brinque com a saúde do fígado! Contrair uma doença pode levar a uma situação muito grave. Se este órgão entra em crise, todo o funcionamento do corpo é prejudicado. Ele desempenha, principalmente, o papel de distribuição da energia.

Fique de olho nos seguintes sintomas: náusea, vômito, pele amarelada, inchaço abdominal, sangramentos, conceira e cansaço. Todos estes sinais podem indicar doenças relacionados ao funcionamento do seu fígado.

Em geral, uma das principais patologias são cirrose hepática e hepatite viral. A primeira é afetada diretamente nos seus tecidos originais, transformando-os em tecidos fibrosos, isto é, acaba impedindo o fluxo sanguíneo. É difícil notar essa doença, porque ela se dá de forma gradual e lenta, o que significa que devemos ficar atentos na perda de produtividade e nos sintomas acima.

A cirrose hepática possui inúmeras variações, segue algumas delas: doença hepática alcoólica, hepática crônica e C, pode ser herdada, obstrução dos ductos biliares, drogas, toxicinas e infecções entre outras. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) das variações citadas as relacionada ao alcoolismo são as que mais matam.

Por fim, a cirrose hepática viral são causadas pelas Hepatites A, B e C. Os sintomas são os mesmo, somente uma investigação médica para determinar a origem e o estado da doença no órgão.

Leia também sobre o Intestino Delgado – Anatomia, funcionamento e curiosidades

Fonte: Tua saúde, Brasil escola, Drauzio Varella. Esadi, Toda Matéria, Boa Consulta, Vida e Saúde,

Fonte imagens: Grapi cuidadores, Lótus esoterismo, Saúde Abril, Crape.

Imagem de destaque: Egeo