Ciências

Descubra como são feitas as lâmpadas fluorescente

Você sabe como as lâmpadas fluorescente são feitas? Descubra antes do Natal

Atualizado em 08/12/2015

Algumas coisas apesar de presentes em nosso dia a dia, acabam passando sem ser percebidas. Ao olhar para alguns objetos que nos certam diariamente, algumas perguntas vêem a cabela, principalmente as perguntas sobre como as coisas são feitas.

Enquanto criança, quase todos somos curiosos e não temos vergonha de perguntar, quando vamos crescendo, essa vergonha também chega. Ainda bem que hoje tem internet, nem tudo precisa ser perguntado na vida real. Você sabe como são feitas a lâmpada fluorescente?

Antes de saber do que como a lâmpada fluorescente são feitas, vamos entender a questão das lâmpadas no Brasil: “A lâmpada tradicional gasta mais energia elétrica porque precisa deixar o filamento incandescente (ou seja, “pegando fogo”: já experimentou encostar numa lâmpada dessa acesa?)”, explicou a Revista Galileu a respeito do primeiro tipo de luz.

Mas então, o que é e como funciona a lâmpada fluorescente

lampada-fluorescente

A lâmpada fluorescente possui dois eletrodos que em contato com energia elétrica, são capazes de enviam eletricidade para o interior do tubo. Esse tipo de corrente, excita o vapor de mercúrio e o faz emitir luz ultravioleta, a luz ultraviolenta é absorvida pelo pó de fósforo e transformada em luz branca visível.

energy saving bulb broken into pieces

A lâmpada fluorescente funciona de modo semelhante aos tubos de descarga de gás néon. O tubo de vidro é coberto com um material à base de fósforo. Esse tubo com fósforo, ao serem radiação ultravioleta, criadas com a ionização de gases. Atualmente são carregadas com gases inertes a baixa pressão, as mais comuns utilizam o árgon.

Fonte: Galileu / Wikipédia
Crédito imagens: Tomás Arthuzzi (Globo) / Divulgação