Biologia

Visão – Característica, partes do olho, química da visão e percepção visual

A visão é caracterizada como um dos sentidos do corpo. É por meio da visão que os seres humanos conseguem enxergar as percepções do mundo.

Atualizado em 18/03/2020

O corpo humano possui cinco sentidos essenciais e que se complementam. Dentre eles, a visão é um dos órgãos dos sentidos mais importantes. Isso porque, é com a visão que conseguimos ver e enxergar e, assim, obter as percepções do mundo.

O ato de enxergar é possível graças aos olhos. O órgão responsável pela visão se localiza dentro de cavidades ósseas denominadas órbitas oculares. Além disso, essas cavidades são revestidas por esclerótica, tecido conjuntivo composto por fibras.

Além disso, o olho é formado por partes compostas de nervos, além das pálpebras, supercílios, músculos e aparelho lacrimal. Dessa forma, todas as partes que compõem o processo de visão são ativadas pela luminosidade. Assim, as informações são recebidas pelo encéfalo, parte superior do sistema nervoso.

Característica da visão

Conseguimos enxergar o mundo através da visão. Para que isso ocorra, são necessários alguns processos que envolvem as partes do órgão da visão, ou seja, o olho.

Assim, os olhos são compostos por esclerótica, tecido conjuntivo fibroso. Logo, a esclerótica possui músculos responsáveis pela movimentação do globo ocular. Além disso, a esclerótica possui um líquido responsável pela proteção do olho denominado de humor aquoso. O líquido é encontrado na parte entre a córnea e o cristalino.

Visão - Característica, partes do olho, química da visão e percepção visual
Partes que compõem o olho. Fonte: Provisu

Ainda como parte da estrutura ocular podemos encontrar a coroide. Ou seja, essa é a parte responsável por possuir vasos sanguíneos e uma espécie de melanina. Assim, a melanina possui partes importantes que auxiliam na nutrição do olho e na captação da luz vinda da retina.

A cor dos olhos pode ser identificada na íris, parte localizada antes da coroide. Além disso, é possível enxergar na íris uma parte arredondada denominada de pupila. Assim, é pela pupila que há a entrada de luz fazendo com o que ela se dilate ou diminua de acordo com a luminosidade.

Partes do olho

Além das partes já citadas, os olhos são formados por:

  • Esclera: representa a parte branca do olho, sendo a camada mais externa. Além disso, é formada por tecido fibroso caracterizado por ser denso e resistente. Assim, a principal função é a proteção do olho.
  • Humor vítreo: fluido gelatinoso que está situado entre o cristalino e a retina, preenchendo assim a câmara posterior do olho.
  • Nervo ótico: está ligado à retina. Responsável pelas imagens que visualizamos. Isso porque, as informações recebidas pelo nervo ótico são transmitidas ao cérebro.
  • Retina: é formada pelas células bastonetes e cones. Além disso, é camada mais interna do olho.

Como ocorre a visão?

A visão é formada a partir da captação da luminosidade e a formação de imagens obtidas pelo cérebro. Assim, os cones e bastonetes são responsáveis por receber a luz que processam a informação por meio de reações químicas. Logo, as reações são transformadas em imagens emitidas pelo encéfalo.

Visão - Característica, partes do olho, química da visão e percepção visual
É por meio da visão que enxergamos o mundo. Fonte: Blogin

Em seguida, os impulsos elétricos que foram encaminhados para o encéfalo são transmitidos para o nervo óptico. Assim, as imagens passam a ter forma por meio da retina e das reações biológicas que ocorrem. Dessa forma, as imagens são formadas e o ato de enxergar ocorre.

Além disso, os cones e bastonetes são responsáveis por controlar a quantidade de luz e cores que enxergamos. Ou seja, quando há pouca luz a ausência de cores é maior. Por outro lado, quando a luminosidade é em grande quantidade os cones auxiliam na percepção das cores. Assim, quando o ambiente possui a mesclagem desses dois tipos visualidade é denominado de visão mesópica.

Doenças dos olhos

Por conta do envelhecimento natural aos seres humanos, é comum que a visão seja prejudicada. Assim, algumas doenças podem aparecer e a visão acaba sendo prejudicada. Em alguns casos há a perda total do sentido. Logo, os profissionais que cuidam da estrutura e dos cuidados com os olhos são denominados de oftalmologistas.

Visão - Característica, partes do olho, química da visão e percepção visual
Daltonismo é a incapacidade de percepção e distinção das cores primárias (vermelho, amarelo e azul), além do verde. Fonte: Alencar odontologia

Dentre as doenças que podem atingir os olhos estão:

  • Miopia: é caracterizado pelo aumento do olho dificultando que as imagens cheguem à retina;
  • Hipermetropia: diferente da miopia, na hipermetropia o olho é começa a diminuir. Assim, a imagem chega após a retina e o indivíduo não consegue enxergar de perto;
  • Astigmatismo: caracterizado pela curvatura desigual da córnea. Por conta disso, as imagens projetadas são vistas de forma distorcida;
  • Presbiopia: ocorre em pessoas de idade avançada por conta da perda da elasticidade progressiva do cristalino.
  • Catarata – quando o cristalino se torna opaco;
  • Glaucoma – caracterizado pela elevação da pressão intraocular provocando lesões no nervo óptico;
  • Daltonismo – dificuldade em diferenciar cores como o vermelho e o verde.

Você sabia:

  • Os olhos humanos são comparados com uma máquina fotográfica devido às estruturas parecidas que possuem;
  • Ler com baixa luminosidade pode deixar os olhos cansados mais rapidamente;
  • Quando os bebês nascem não conseguem distinguir as cores, ou seja, são daltônicos;
  • Cada olho tem 107 milhões de células, e todas elas são sensíveis à luz.

O que achou da matéria? Aproveita que já está aqui e confere como o corpo humano é dividido e como funciona o sistema digestivo.

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria e Info Escola

Fonte imagem destaque: Corism

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.