História

Símbolos Nacionais – Significado da bandeira, brasão, selo e hino nacional

Símbolos Nacionais representam a nação brasileira e a união do povo. Assim, fazem parte dos símbolos a bandeira, as armas, o hino e o selo.

Atualizado em 19/09/2020

De forma geral, Símbolos Nacionais representam a união do país e identificam a nação. Assim, todos os países possuem os símbolos como forma de representação e de respeito diante de outras nações. Além disso, possuem valor histórico e servem para serem utilizados em eventos e documentos oficiais.

Visto isso, os símbolos nacionais brasileiros são compostos pela bandeira, o brasão, selo e hino nacional. Além disso, foram implementados pela Lei n° 5.700, de 1º de setembro de 1971, presente na Constituição de 1891. Assim, representam a união do país, soberania, além de terem valor histórico.

E, falando no assunto, comemora-se o Dia dos Símbolos Nacionais no dia 18 de setembro.

Símbolos Nacionais

Em síntese, os símbolos nacionais brasileiros foram implementados em setembro de 1971, pela Lei n° 5.700 da Constituição. A partir disso, são utilizados em eventos, como cerimônias oficiais, eventos esportivos, etc, além de documentos oficiais, como carteira de identidade, passaporte, etc.

Confira as características de cada um:

Bandeira Nacional

Dentre os símbolos nacionais, a Bandeira Nacional é uma adaptação da bandeira que era utilizada pelo Império Brasileiro. Ou seja, a antiga bandeira era formada por um escudo Imperial português dentro de um losango.

Com isso, o símbolo foi substituído por um círculo azul com estrelas na cor branca. A bandeira atual, inclusive, foi oficializada no dia 19 de novembro de 1889, 4 dias após a Proclamação da República.

Símbolos Nacionais - Significado da bandeira, brasão, selo e hino nacional
Rádio Fraiburgo

Deste modo, a Bandeira Nacional é formada por um retângulo verde, um losango amarelo, sobre o retângulo, e um círculo azul com estrelas brancas. Ademais, no meio do círculo, uma faixa branca atravessa a bandeira com o lema “Ordem e Progresso”. 

Portanto, as cores escolhidas para a bandeira representam a riqueza natural do país. Ou seja, verde se refere as matas e florestas; amarelo, o ouro; e azul, representa o céu.

Sobretudo, as estrelas simbolizam os 26 estados e o Distrito Federal. Elas foram postas de acordo com a constelação Cruzeiro do Sul, no dia 15 de novembro de 1889, quando ocorreu a Proclamação da República.

Após o decreto da Lei 5.700, que entrou em vigor em 2009, todas as escolas públicas e particulares passaram a hastear a Bandeira Nacional e a cantar o hino nacional todas as semanas.

Vale lembrar ainda que o Dia da Bandeira Nacional é comemorada em novembro, dia 19, representando um dos importantes símbolos nacionais.

Armas Nacionais

As Armas Nacionais – também chamadas de Brasão da República – foram criadas no mesmo dia em que a Bandeira Nacional e representam mais um dos símbolos nacionais. Neste caso, o engenheiro responsável pela criação foi Arthur Zauer, durante o governo de Marechal Deodoro da Fonseca. 

Portanto, a figura das Armas Nacionais é utilizada em prédios públicos. Além disso, as Forças Armadas e os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário são obrigados a utilizar o símbolo.

Símbolos Nacionais - Significado da bandeira, brasão, selo e hino nacional
Veja Abril

Logo, as Armas Nacionais são formadas pelo Brasão, representado por um escudo azul na forma redonda, apoiado numa estrela de cinco pontas. Assim como na Bandeira, a constelação Cruzeiro do Sul também está presente, porém posta sobre uma espada.

Ao redor da estrela, duas coras estão postas, sendo um ramo de café e, outro, um ramo de fumo, à direita e à esquerda, respectivamente. Além disso, em cima da espada, há uma faixa azul com as escritas “República Federativa do Brasil”. Por fim, do lado esquerdo, está escrito “15 de novembro”, e “de 1889”, à direita.

Selo Nacional

O Selo Nacional é utilizado, principalmente, em documentos oficias e atos do governo. Além disso, instituições de ensino, como os institutos e Universidades federais, também utilizam o Selo como forma de autenticar diplomas e certificados.

Assim, é formado por uma esfera com as estrelas da bandeira, representando as 27 unidades federativas do Brasil. Em síntese, o selo foi criado no governo de Marechal Deodoro da Fonseca.

Símbolos Nacionais - Significado da bandeira, brasão, selo e hino nacional
Planalto

Além disso, ao redor da esfera está escrito “República Federativa do Brasil“, e no meio, existe uma faixa branca com o lema nacional positivista: “Ordem e Progresso“, representando um dos símbolos nacionais.

Hino Nacional

Dentre os Símbolos Nacionais, o Hino Nacional foi composto por  Joaquim Osório Duque Estrada (1870-1927) e Francisco Manuel da Silva (1795-1865), em 1822, como forma de comemorar a Independência do Brasil. Portanto, foi oficializado por meio da Lei n° 5700, no dia 1 de setembro de 1971.

É utilizado, principalmente, na abertura de eventos cívicos, patrióticos, culturais, esportivos, escolares e religiosos.

Inclusive, é cantado, junto à bandeira hasteada, pelo menos uma vez durante a semana, em escola públicas e particulares. Sendo, portanto, um dos símbolos nacionais mais importante.

Abaixo, aliás, você pode conferir a letra do hino brasileiro:

Letra do Hino Nacional Brasileiro

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas

De um povo heroico o brado retumbante,

E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,

Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade

Conseguimos conquistar com braço forte,

Em teu seio, ó Liberdade,

Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,

Idolatrada,

Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido,

De amor e de esperança à terra desce,

Se em teu formoso céu, risonho e límpido,

A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,

És belo, és forte, impávido colosso,

E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada

Entre outras mil

És tu, Brasil,

Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo

És mãe gentil,Pátria amada,Brasil!

Parte I – Hino Nacional (Símbolos Nacionais) 

Deitado eternamente em berço esplêndido,

Ao som do mar e à luz do céu profundo,

Fulguras, ó Brasil, florão da América,

Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra, mais garrida,

Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;

“Nossos bosques têm mais vida”,

“Nossa vida” no teu seio “mais amores.”

Ó Pátria amada,Idolatrada,Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo

O lábaro que ostentas estrelado,

E diga o verde-louro dessa flâmula

– “Paz no futuro e glória no passado.”

Mas, se ergues da justiça a clava forte,

Verás que um filho teu não foge à luta,

Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada,

Entre outras mil,

És tu, Brasil,

Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada,

Brasil!

Glossário do Hino

Em síntese, o hino – um dos símbolos nacionais – possui algumas palavras que possuem significados específicos. Assim, veja:

  • Margens plácidas – “Plácida” significa serena. Além disso, também se remete à calma, dos símbolos oficiais.
  • Ipiranga – representa o riacho onde D. Pedro I teria proclamado a independência.
  • Brado retumbante – Grito forte que provoca eco.
  • Penhor – Usado de maneira metafórica. Ou seja, possui sentido figurado. Assim, “penhor desta igualdade” é a garantia, a segurança de que haverá liberdade.
  • Imagem do Cruzeiro resplandece – Em síntese, O “Cruzeiro” é a constelação do Cruzeiro do Sul que resplandece, ou seja, brilha no céu.
  • Impávido colosso – “Colosso” é o nome de uma estátua que possui grandes dimensões. Com isso, Estar “impávido” é estar tranquilo, calmo.
  • Mãe gentil – Em síntese, a “mãe gentil” é a pátria. Logo, um país que ama e defende seus “filhos” (os brasileiros) como qualquer mãe.
  • Fulguras – fulgurante (reluzente, brilhante).
  • Florão – Em resumo, “Florão” é um ornato em forma de flor muito utilizado nas abóbadas de construções grandiosas. Ou seja, representa que o Brasil seria o ponto mais importante e vistoso da América.
  • Garrida – Enfeitada. Assim, que chama a atenção pela beleza.
  • Lábaro – Em síntese, se refere ao sinônimo de bandeira. Dessa forma, “Lábaro” era um antigo estandarte usado pelos romanos.
  • Clava forte – Em resumo, clava é um grande porrete. Ou seja, instrumento usado no combate corpo-a-corpo. Portanto, no verso, significa mobilizar um exército, entrar em guerra.

Música do Hino Nacional Brasileiro

Dentre os Símbolos Nacionais está O Hino Nacional. Assim, confira a versão oficial do hino brasileiro:

O que achou da matéria sobre os Símbolos Nacionais? Se gostou, confira também a lista dos Presidentes do Brasil e por que a Democracia brasileira ocorreu de forma tardia.

Fontes: Toda Matéria, Só História e Hiper Cultura

Imagens: Toda Matéria, Rádio Fraiburgo, Veja Abril, Planalto

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.