Ciências

A primeira galinha de laboratório do mundo foi provada e é deliciosa

Atualizado em 20/03/2017

Cultivar carne em laboratório não é algo totalmente novo, já vimos almondegas, bifes bovinos e até mesmo camarão sendo produzidos 100% artificialmente. Agora é a vez do frango e do pato.

A Memphis Meats, uma empresa norte americana, produziu as primeiras aves de “carne limpa” cultivadas a partir de células em um laboratório, servindo-as em um teste de degustação. A empresa de biotecnologia espera criar carne in vitro comercialmente, que tenha todo o sabor de um carne comum, textura e nutrição da carne, sem matar animais.

Usando uma técnica já conhecida, os cientistas cultivaram células-tronco regenerativas retiradas das aves e colocadas em tanques de biorreator. Uma vez que a cultura esteja em uma solução de açúcar e minerais, leva apenas algumas semanas para que estejam prontas para a “colheita”.

Saboroso e Suculento

Pato clássico a laranja . Memphis Meats.

Emily Byrd, uma especialista da Good Food Institute, disse: “O sabor na boca era incrível, foi uma experiencia única comer o melhor pato da minha vida e saber que ele era produzido de uma maneira melhor para o planeta, para a saúde pública e para os animais”.

Dr. Uma Valeti, co-fundador e CEO da Memphis Meats acredita que é um momento histórico para o movimento da “carne limpa”, e acrescenta: “Acreditamos realmente que este é um salto tecnológico significativo para a humanidade e uma oportunidade de negócio incrível – para transformar uma gigantesca indústria global, enquanto contribuímos para resolver alguns dos problemas de sustentabilidade mais urgentes do nosso tempo”

Acredita-se que a carne cultivada em laboratório estará disponível ao consumidor no mercados nos próximo 5 à 10 anos. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos mostrou que a maioria das pessoas provariam carne artificial. E você? teria coragem?

 

Fonte: IFLSicence.
Imagens: Memphis Meats.