Geografia

Paralelos – O que são e para que servem no estudo da Terra?

Os paralelos são linhas imaginárias que cortam a Terra de leste a oeste. A partir deles é possível calcular as longitudes.

Atualizado em 14/10/2019

A geografia é o estudo da Terra. Visando de melhorar e facilitar o entendimento sobre o nosso planeta, os cientistas o dividiram com linhas imaginárias. Essas linhas são os paralelos, traçados na horizontal, e os meridianos, traçados na vertical.

Essas linhas definem diferentes pontos do planeta nos sentidos leste-oeste e norte-sul. Seu principal objetivo é marcar as latitudes e longitudes. Dessa forma, é possível saber as coordenadas de qualquer lugar na Terra.

Calcular as coordenadas geográficas foi extremamente útil ao longo da história principalmente para viajantes. A partir delas são feitos os mapas e as bússolas. Mas, hoje, qualquer pessoa utiliza esses cálculos ao usar o GPS para encontrar uma rua, por exemplo.

Fonte: Mega Curioso.

Definindo os paralelos

Os paralelos são eixos que circundam a Terra de leste a oeste e demonstram as latitudes em graus. O principal é a Linha do Equador, dividindo o planeta igualmente entre dois hemisférios: norte e sul.

Ou seja, a partir dela, pode-se contar a mesma distância em relação aos dois pólos. Ela marca a latitude 0°, variando de -90° ao sul a 90° ao norte.

O hemisfério norte também é conhecido como boreal ou setentrional. Enquanto o hemisfério sul pode ser chamado de austral ou meridional.

Além disso, o Equador também é a zona que recebe os raios solares com maior intensidade.

Paralelos - o que são e para que servem no estudo da Terra
Fonte: InfoEscola.

As outras linhas são traçadas paralelamente ao Equador. Os paralelos mais conhecidos são o Trópico de Câncer e o Trópico de Capricórnio.

O primeiro está ao norte na latitude de 23º27 (lê-se 23 graus e 27 minutos).  Esse traçado indica o limite máximo em que os raios solares incidem na posição vertical sobre a Terra.

Isso ocorre durante os solstícios. Quando o Sol ilumina o hemisfério norte criando um fenômeno chamado “longo dia”.

Acontece que as regiões localizadas acima do círculo polar ártico recebem tanta luz solar que não há noite. Logo, as zonas ao sul do círculo polar antártico passam por um longo período de escuridão.

Paralelos - o que são e para que servem no estudo da Terra
Fonte: Segredos do Mundo.

Seis meses depois, o processo é invertido. O Trópico de Capricórnio se torna o ponto máximo de recepção da luz do Sol. Este paralelo está numa latitude de -23º27′. Sendo assim, o polo sul ganha dias mais longos e o polo norte, por sua vez, passa meses no escuro.

Linhas verticais

Existem também os meridianos. São linhas que cortam a Terra no sentido vertical, ou seja, vão de norte a sul. Desse modo, eles são responsáveis por calcular as longitudes.

O principal é o Meridiano de Greenwich, que divide o planeta em Ocidente e Oriente. Mas sobre isso explicaremos melhor em outra matéria.

Gostou de ler este conteúdo? Então agora vem saber mais sobre Camadas da Terra: como é a divisão da estrutura interna do nosso planeta.

Fontes: Brasil Escola e Escola Kids.

Imagem de destaque: Estudo Kids.