Física & Química

Óxidos, o que são? Definição, tipos básicos, nomenclatura e classificação

Óxidos são substância químicas inorgânicas classificadas pela presença de dois elementos químicos em sua formação, oxigênio e metal ou ametal.

Atualizado em 05/07/2020

Os óxidos são substâncias inorgânicas binárias. Ou seja, apresentam como característica dois elementos químicos em sua formação, oxigênio e um metal ou ametal. O oxigênio (O) é o elemento eletronegativo mais presente na substância, por apresentar o número de oxidação (NOX) -2.

A fórmula geral de um óxido é representada por: YO. Logo, os óxidos podem ser classificados como iônicos – apresentam a união do oxigênio + metal -, ou molecular, quando o oxigênio faz ligação com um ametal.

Dependendo da presença do metal ou ametal, os óxidos são classificados como ácidos, básicos, neutros, anfóteros, mistos ou peróxidos. Sendo assim, ferrugem (óxido de ferro III), a água oxigenada (peróxido de hidrogênio), o cal (óxido de cálcio) e gás carbônico (dióxido de carbono) são alguns exemplos de óxido.

Tipos de óxidos e nomenclatura

Quando os óxidos são formados pela junção do oxigênio com um metal, são denominados de iônicos. Por outro lado, quando a composição química é feita com o oxigênio e um ametal, representam os óxidos moleculares.

Para que a nomenclatura oficial seja estabelecida, é necessário utilizar a regra: Prefixo + óxido + de + prefixo + nome do elemento. A regra é estabelecida pela União Internacional de Química Pura e Aplicada, a IUPAC.

Ainda não entendeu? Então, observe o exemplo de nomenclatura do composto  Cl2O5 → Pentóxido de dicloro.

Óxidos, o que são? Definição, tipos básicos, nomenclatura e classificação
Pentóxido de dinitrogênio.

Neste caso, observe que o prefixo representa o número de oxigênios ou o elemento que está disposto junto ao oxigênio. Ou seja, a nomenclatura será representada da seguinte forma: 2 (di), 3 (tri), 4 (tetra), 5 (penta) etc.

Entretanto, quando o número de oxidação (NOX) for fixo, a regra da nomenclatura ganha especificidades. Assim, é definida da seguinte forma: Óxido + de + nome do elemento, sendo o CaO → óxido de cálcio um exemplo.

Agora, quando o número de oxidação não for fixo, a regra da nomenclatura é definida desta maneira: Óxido + de + nome do elemento + algarismo romano. Como exemplo, podemos citar o composto Cr2O3 → óxido de cromo III. Aqui, observe que o número de oxidação é representado pelo algarismo romano.

Classificação dos óxidos

Os óxidos são classificados em ácidos, básicos ou peróxidos. Além disso, também fazem parte da classificação os anfóteros e os óxidos neutros.

Óxidos, o que são? Definição, tipos básicos, nomenclatura e classificação
Óxido nitroso ou gás hilariante (gás do riso) e anestésico.

Confira a característica de cada um:

  • Duplos, mistos ou salinos – são classificados pela formação de duas bases, quando postos em água e formam dois sais e água na reação com ácidos ou bases. Além disso, são classificados como óxidos iônicos com fórmula geral Y3O4; 
  • Anfóteros – são classificados como óxidos iônicos ou moleculares. Além disso, reagem com base e ácido, formando sal e água;
  • Básicos – tipo de óxido iônico que apresenta na formação oxigênio e metal. Na reação com água forma base e, na reação com ácido, forma sal e água;
  • Neutros – São óxidos que não reagem na presença de água, base ou sal. São exemplos: monóxido de carbono (CO), monóxido de nitrogênio (NO) e monóxido de dinitrogênio (N2O);
  • Ácidos – são classificados todos os de mais óxidos moleculares mais o óxido de cromo. Além disso, formam ácidos quando postos em água. Na presença de uma base, formam sal e água.

Utilização dos óxidos

Um óxido pode ser utilizado de diferentes formas e em lugares distintos. Assim, sua utilização pode ser vista, por exemplo, para corrigir o pH do solo. Neste caso, o óxido utilizado é o CaO  → óxido de cálcio. Sua utilização é vista, principalmente, na agricultura e na preparação de argamassa.

Óxidos, o que são? Definição, tipos básicos, nomenclatura e classificação
Exemplos de óxidos e como são utilizados.

Outra forma de utilização, é na fabricação de aço. Aqui, o material utilizado é o MnO→ óxido de manganês. Além disso, para a fabricação de latas é utilizado o SnO→ óxido de estanho. Já na fabricação de pigmentos, o material utilizado é o Fe2O→ óxido de ferro III. Por fim, para se fabricar alumínio é utilizado o AI2O→ óxido de alumínio.

Você sabia?

  • Em decorrência da poluição atmosférica ocorre um fenômeno denominado de chuva ácida. Assim, a acidez da chuva é intensificada por óxidos que estão presentes na atmosfera, como os óxidos de enxofre (SO2 e SO3) e os óxidos de nitrogênio (N2O, NO e NO2);
  • Os elementos que possuem flúor não se enquadram como óxidos devido a eletronegatividade maior do que o oxigênio, como exemplo os compostos binários: OFe O2F2 .

O que achou da matéria? Se gostou, confira também o que são Hidrocarbonetos e qual a função da Tabela Periódica.

Fontes: Brasil Escola, Toda Matéria e Brasil Escola

Imagens: F+L Daily, Aprendendo Química Online e Manual da Química

Por <a href='https://conhecimentocientifico.r7.com/author/dayane/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Dayane Borges</a>
Por Dayane Borges
Jornalista e redatora com experiência em escrita criativa, adequação e produção de conteúdos multimídia para a web.