Outros assuntos

Método Científico – Definição, principais tipos e divisão de etapas

Método científico se resume a um conjunto de etapas que são utilizadas para formular trabalhos científicos em diferentes áreas da ciência.

Por Dayane Borges

-

Você já parou para pensar como as perguntas são respondidas? Melhor, como as perguntas científicas são respondias? Muitos dos saberes que obtemos durante a vida vieram por meio do senso comum, ou seja, o conhecimento que responde as perguntas corriqueiras. Mas como cientistas, por exemplo, chegaram às respostas médicas, geográficas, filosóficas? Simples, utilizaram o método científico.

O método científico se trata, então, de uma espécie de manual seguido por aqueles que desejam responder perguntas científicas. Neste caso, é organizado por etapas que são seguidas até que a ideia seja testada e comprovada (seja de forma positiva ou negativa – quando a teoria se prova falsa). Assim, o método pode variar em relação ao tipo de ciência que é empregado.

Entretanto, a forma mais usual do método científico – baseado em experimentações, testes lógicos e matemáticos, por exemplo – utilizado nas ciências da natureza, foi desenvolvido por cientistas como Galileu Galilei, Antoine Lavoisier e Robert Boyle. Filósofos como Francis Bacon e René Descartes também tiveram contribuições para a construção do método.

Definição de método científico

O método científico é utilizado para que uma pergunta seja respondida ou, para que estudos já existentes possam ser aprofundados. Assim, pesquisadores de universidades, por exemplo, traçam qual caminho será seguido até que o objetivo da pesquisa seja atingido.

Portanto, o método utilizado nas ciências se divide nas seguintes etapas: observação, questionamentos, hipóteses, experimentação, análise de resultados e conclusão. Caso o método seja aplicado para pesquisas nas ciências humanas aplicadas, por exemplo, a linha de raciocínio é um pouco diferente.

Método Científico - Definição, principais tipos e divisão de etapas
Passei Direto

Ou seja, o pesquisador inicia com a pergunta – parte inicial de qualquer método científico e, em seguida, começa a revisão bibliográfica. Com a bibliografia já organizada, o próximo passo é a formulação da hipótese. Neste caso, não estão inseridos experimentos e lógicas matemáticas.

A pesquisa científica, então, será empregada utilizando o método a fim de solucionar indagações a cerca do problema ou questionamento. As perguntas surgem quando as respostas para estudos já concluídos precisam, por algum motivo, passar por averiguação. Além disso, são comuns quando, uma simples pesquisa não consegue responder as indagações.

Etapas do método científico

Como vimos, o método científico se divide em observar, elaborar a questão problema, estabelecer hipóteses, partir para a experimentação, analisar os resultados e concluir o estudo. Agora, vamos entender como funciona cada etapa especificamente.

Bom, a observação – como o próprio nome sugere – é a parte em que o pesquisador irá observar dada situação ou material. É a partir da observação que as indagações começam a surgir. O próximo passo, então, será elaborar questionamentos sobre a situação observada.

As perguntas, neste caso, podem ser respondidas com base no conhecimento prévio do pesquisador. Com isso, são elaboradas as hipóteses como respostas às perguntas da etapa anterior. A hipótese é parte fundamental da pesquisa e deve ser feita de forma cuidadosa. Isso porque, é por meio das hipóteses que as experimentações são realizadas.

Método Científico - Definição, principais tipos e divisão de etapas
Projeto Acadêmico

Na etapa da experimentação as hipóteses, ou hipótese, formuladas são respondidas. Os pesquisadores utilizam de material bibliográfico ou experimentações, quando o trabalho é feito em campo, por exemplo. Aqui, cada profissional desenvolve o método de acordo com a área científica pesquisada.

Em seguida, é feita a análise dos resultados com base nas respostas das hipóteses formuladas. Pode ocorrer, em alguns casos, que o resultado não seja satisfatório. Quando isso ocorre, o pesquisador pode formular novas hipóteses e, consequentemente, fazer novas experimentações. Caso os resultados se mostrem suficientes, a próxima etapa será a conclusão da pesquisa.

Conclusão

Na conclusão, o pesquisador chega ao resultado final da pesquisa científica. Assim, consegue averiguar se as respostas obtidas fazem sentido em relação ao que foi questionado. Com isso, é possível fazer afirmações sobre a situação ou material analisado.

Quando as afirmações são estabelecidas por meio do método científico são denominadas de teorias. Caso os resultados sejam testados e averiguados por diversas vezes e a resposta obtida for sempre a mesma, as afirmações se tornam leis.

Método dedutivo e método indutivo

A ordem das etapas do método científico pode ou não ser seguida pelo pesquisador. Ou seja, não é algo fixo e rígido feito sempre da mesma maneira. Além disso, existem formas diferentes de aplicar o método, por exemplo, quando já existem hipóteses.

Método Científico - Definição, principais tipos e divisão de etapas
Sobrevivendo na Ciência

Neste caso, o método é denominado de dedutivo e utiliza da análise para averiguar hipóteses já respondidas – chamadas de axiomas, ou comprovar teorias, denominadas de teoremas. Por conta disso, esse tipo de método também é chamado de método hipotético-dedutivo, sendo utilizado na filosofia, leis científicas e na educação.

Já o método indutivo é utilizado para chegar à conclusões sobre determinada situação ou problema. Porém, se baseia em conhecimentos que já existem como forma de atingir o resultado. É um processo de indução baseado em dados gerais.

O que achou da matéria? Aproveita que já está aqui e confira quem foi Malcolm X e quais os principais nomes da Literatura Brasileira.

Fontes: Brasil Escola, UFRGS, Manual da Química e Toda Matéria

Imagens: Quero Bolsa, Passei Direto, Projeto Acadêmico e Vivendo na Ciência

Próxima página »