Geografia

Massa de ar, o que é? Definição, principais tipos e características

Massa de ar é definida como as porções de ar que se formam com as características típicas de uma região, como umidade, temperatura e pressão.

Por Dayane Borges

Massa de ar é toda porção de ar que possui, em sua formação, características como temperatura, umidade e pressão, relativamente homogêneas. Normalmente, os volumes de ar se formam de acordo com as particularidades presentes em cada região, sendo extremamente densas tanto na forma horizontal quanto na forma vertical. 

O local onde a massa de ar se forma é denominado região de origem. É também nesta região que as características de umidade, pressão e temperatura são adquiridas. Sendo assim, uma massa de ar que se forma no deserto, por exemplo, terá as particularidades típicas dessa região, ou seja, altas temperaturas, baixa umidade e clima seco. 

Normalmente, as massas de ar conseguem se locomover para outras regiões e, com isso, acabam perdendo as características da região de origem. O deslocamento dessas massas ocorre sempre no sentido das altas pressões para as regiões de baixa pressão, como por exemplo as massas de ar que saem da Antártida e apresentam altas pressões

Definição de massa de ar

A massa de ar é definida como as porções de ar que se formam com as características típicas de uma região, como umidade, temperatura e pressão. Essas características constituem a particularidade da massa de ar, que pode ser quente, fria, umidade, seca, dependendo do local onde se formou. 

Massa de ar, o que é? Definição, principais tipos e características
G1

Quando uma massa de ar se forma, ela naturalmente começa a se deslocar para outras regiões. Ao se deslocarem, as porções de ar perdem as características da região de origem e se locomovem no sentido das altas pressões para as de baixa pressão. 

As porções de ar se movimentam na troposfera, camada mais próxima da superfície terrestre. Nesta camada, as condições climáticas como temperatura, umidade e pressão não são homogêneas. Neste caso, é possível encontrar até três tipos diferentes de massa de ar, que se diferem de acordo com a latitude. 

Principais tipos

A troposfera é a camada da Terra onde três tipos de massa de ar podem ser encontradas. Essas massas se classificam em equatorial, polar e tropical, e se diferenciam por conta da latitude sobre a qual foram formadas. 

Nesse sentido, as massas de ar equatoriais são aquelas formadas em regiões que apresentam baixas latitudes, ou seja, regiões próximas da linha do Equador.

Massa de ar, o que é? Definição, principais tipos e características
Laboratório do Clima

Geralmente, as temperaturas dessas massas são elevadas e possuem grande quantidade de umidade, quando se formam em áreas oceânicas. Porém, quando a formação ocorre em regiões continentais, as massas não apresentam tanta umidade. 

Já as massas tropicais se formam tanto no hemisfério norte quanto no hemisfério sul, em regiões próximas aos trópicos de Capricórnio e Câncer. Apresentam como características a presença de umidade, porém, como se formam em áreas continentais, são bastantes secas. 

As massas polares, como o próprio nome sugere, são as massas de ar que se formam nas regiões próximas aos polos Norte e Sul. Ou seja, estas porções de ar são características dos locais que apresentam latitudes superiores a 50º. Sendo assim, são massas extremamente frias. 

No caso das massas polares, a classificação ainda se divide em polar continental e polar oceânica. A massa de ar polar continental é mais fria e seca. Já a polar oceânica apresenta mais umidade. 

Características

Em síntese, as massas de ar se movimentam na troposfera por conta das áreas de baixa e alta pressão. Normalmente, a movimentação das porções de ar ocorre no sentido das altas pressões para as de baixa pressão.

As áreas de alta pressão não possuem nebulosidade e são formadas, em sua maioria, por estabilidade atmosférica e temperaturas baixas. Já as regiões de baixa pressão possuem áreas de grande nebulosidade, instabilidade atmosférica e, além disso, são receptoras de ventos

Massa de ar, o que é? Definição, principais tipos e características
Agência Brasil

Quando duas porções de ar com características diferentes se encontram, elas não se misturam. Isso porque cada massa mantém em sua estrutura a formação adquirida na região de origem. Essa separação de ambas as massas ocasiona em uma “frente” ou “descontinuidade”, conhecida também como “frente fria”. 

A frente fria se caracteriza como o encontro de duas porções de ar frio. Quando esta massa de ar passa por alguma região, as características climáticas desta região se alteram, como a mudança na temperatura, umidade e pressão. 

Por fim, as massas de ar são classificadas de acordo com o local de origem, latitude e temperatura. Sendo assim, de acordo com o local, as massas de ar podem ser continentais ou marítimas; de acordo com a latitude de origem, elas podem árticas, polares, tropicais ou equatoriais e, em relação à temperatura, as porções de ar podem ser quentes ou frias.

Então, o que achou da matéria? Se gostou, confira também o que são Escudos Cristalinos e Depressões Geográficas

Fontes: Brasil Escola, Educação Globo, Info Escola e Mundo Educação 

Imagens: Clima de Ensinar, G1, Laboratório do Clima e Agência Brasil 

Próxima página »