Ciências

O que são essas manchas brancas na língua?

As manchas brancas na língua, na maior parte do tempo, são causadas por falta de higiene. Ainda assim, também pode ser decorrente de doenças.

Atualizado em 16/03/2020

Certamente você já teve, ou conhece alguém que teve, manchas brancas na língua. Primeiramente, a principal causa do problema é um crescimento excessivo de bactérias e fungos na boca.

Consequentemente, a sujeira e as células mortas da boca fiquem presas entre as papilas inflamadas, gerando o surgimento de placas brancas.

Ou seja, a língua branca é mais comum quando existem condições favoráveis para o crescimento de fungos. Acima de tudo, isso acontece em pessoas que não fazem uma higiene bucal adequada ou que têm o sistema imune mais enfraquecido.

Apesar disso, em alguns casos, não é apenas falta de higiene bucal. Existem circunstâncias especiais em que as manchas brancas na língua são causadas por doenças.

Por fim, nós selecionamos as principais doenças que levam ao problema. Além disso, também selecionamos os principais tratamentos para cada cada caso especial.

Confira as principais doenças que causam manchas brancas na língua

1 – Saburra lingual

File:Scharlach.JPG
Crédito: Martin Kronawitter

Também conhecida como Biofilme lingual ou língua branca. É causada por vários motivos, como células descamadas da boca, bactérias, muco da saliva e restos alimentares que ficam na superfície da língua. Sem dúvidas é maior causa do mau hálito, halitose, e o maior desafio e encontrar sua causa, pois mesmo se a pessoa tiver uma boa higienização da boca ela pode aparecer.

Consequentemente, uma boa higienização pode resolver o problema.

2 – Candidíase oral

File:Human tongue infected with oral candidiasis.jpg
Crédito: James Heilman, MD

A candidíase oral é a infecção por fungos que se desenvolve dentro da boca. Primeiramente, ela é causada pelo fungo Candida albicans, que está presente na boca da maioria das pessoas. Ele só se torna um problema em indivíduos com a imunidade baixa. Consequentemente, ele é bastante comum em crianças e idosos.

Além disso, o tratamento consiste em fazer uma higiene bucal adequada, escovando os dentes e a língua, pelo menos 2 vezes por dia. Também deve-se utilizar um enxaguante bucal para evitar o desenvolvimento de bactérias. S

Por fim, se os sintomas não melhorarem após 1 semana, deve-se consultar o clínico geral para iniciar o uso de antifúngicos bucais, como a Nistatina.

3 – Líquen plano

Créditos: Alan N. Binnick & Thomas P. Habif

Primeiramente, essa é uma doença inflamatória que afeta a pele e as mucosas, como a boca. A doença é mais comum em mulheres acima dos 40 anos de idade. Além disso, a infecção oral é mais comum que a na pele, cutânea, e em geral é causada pelo estresse, mas ainda não se sabe a causa exata da doença.

É comum se manifestar como lesões na língua apresentando várias formas como bolhas, placas, papulosa e erosiva, geralmente são dolorosas e são localizadas nas laterais da língua, parte interna da bochecha e gengiva e formam uma linha em forma de uma rede.

Por fim,  é recomendado consultar o clínico geral, pois embora não exista um remédio capaz de curar o líquen plano, o médico pode receitar o uso de corticoides, como a triancinolona, para aliviar a inflamação e a dor. Além disso, usar uma pasta do dentes sem laurilsulfato de sódio também pode ajudar a evitar o surgimento dos sintomas.

4 – Leucoplasia

O que são essas manchas brancas na língua?

Primeiramente, essa é uma doença crônica. Ela provoca o surgimento de placas esbranquiçadas no interior das bochechas, gengivas e, em alguns casos, na superfície da língua. Este tipo de placas não melhora com a escovação da língua e, geralmente, não são dolorosas.

Acima de tudo, não existe uma causa conhecida para esta alteração. Apear disso, ela é mais frequente em fumantes e pode estar relacionada com os primeiros sinais de câncer na boca.

Além disso, se após 2 semanas de higiene bucal adequada as as manchas brancas na língua não começarem a desaparecer é importante consultar um clínico geral ou dentista para avaliar o risco de serem sinais iniciais de câncer.

Por fim, caso sejam placas benignas, o médico pode recomendar o uso de antivirais ou fazer uma pequena cirurgia para remover as placas.

Conclusão

As manchas brancas podem ser causadas por mais de um motivo, logo é necessário um avaliação clinica e o acompanhamento médico para saber a causa, e assim ser tratada da forma correta e eficaz.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Nova região do cérebro humano é descoberta por cientistas

Fontes: Diário de Biologia e Wikipédia