Fauna

Incrível “Dragão Azul” é encontrado na Austrália

Você conhece o dragão azul? Veja onde ele pode ser encontrado e quais perigos se escondem por trás desse animal exótico, quase um Pokémon da vida real.

Atualizado em 22/11/2015

Não, não estamos falando de um novo Pokemon encontrado. O “dragão azul” realmente existe e sua lava foi encontrada recentemente na Austrália.

O “dragão azul” também atende pelo nome científico de Glaucus atlanticus e trata-se de um molusco nudibrânquio, uma espécie de lesma-do-mar que habita águas temperadas e tropicais.

Os lugares onde ele geralmente é mais encontrado é na costa da África, da Europa e da Austrália. 

Além de seu aspecto diferenciado, seja pela cor ou pelos apenas 5 cm de tamanho, o “dragão azul” possui no estômago uma bolsa de gás, que permite com que ele flutue na superfície da água, onde geralmente o animal caça suas presas.

O “dragão azul” armazena um veneno concentrado que é mais forte do que o veneno de uma caravela portuguesa (um dos animais que podem servir de forte para captura de substâncias).

94716398383547706_nbn25hse_c

Glaucus_atlanticus01

Uma das vantagens adaptativas do “dragão azul” ao meio é justamente sua cor azul-claro, que facilita bastante sua camuflagem na água, somado isso a seu tamanho minúsculo, quando o “dragão azul” sai a caça (seus hábitos alimentares são águas-vivas e outras espécies de moluscos), geralmente suas investidas são fatais.

Glaucus_atlanticus00-1200x520-capa

Imunidades do “dragão azul”

Se por acaso encontrar um “dragão azul” por ai, CUIDADO, não toque. Além da vantagem de poder se camuflar com certa facilidade, O Glaucus é imune a toxinas lançadas por células urticantes. O que o “dragão azul” costuma fazer, inclusive, é armazenar essas substâncias para usar futuramente em sua própria defesa.

Conheça o que o canal CienciasGerais falou sobre o “dragão azul”:

Fonte: IFSLscience
Crédito imagens: Divulgação
Crédito Vídeo: CienciasGerais