Física & Química

Os ímãs de um jeito que você nunca viu: massa magnética psicodélica

Esqueça os ímãs apenas como objeto de decoração na sua geladeira. Nesse vídeo, os ímãs aparecem em uma produção visual psicodélica surpreendente

Atualizado em 18/10/2015

Se os ímas são para você apenas souvenirs bonitinhos de colocar na geladeira, a produtora de efeitos visuais Shanks FX publicou um vídeo que vai te mostrar outras formas de brincar com os ímãs. Sua avó pode até continuar achando legal aquela Torre de Paris ou o Cristo do Rio de Janeiro grudados na geladeira, mas, o vídeo experimental que utiliza massa de modelar magnética juntamente com o efeito time-lapse, produziu extraordinárias imagens em movimento.

O título do vídeo é “Magnetic Putty Magic”, e utiliza de forma tão irreverente a massa magnética que realmente parece uma mágica – só que psicodélica.  Essa massa de modelar magnética lembra um pouco aquela massa de modelar utilizada por crianças no jardim de infância, ou no campo das produções cinematográfica, aqueles vídeos ou desenhos animados que usam massa de modelar e o stop-motion.

A diferença, no caso do vídeo de Joey Shanks, é que a massa flexível possui milhares de minúsculos ímãs que se alinham e se movem na direção de um campo magnético pré estabelecido pelo produtor, induzindo, assim, diferentes formas e cores dentro de um campo magnético. A questão central do jogo com ímãs, foi aliar a massa flexível com diversos objetos que são engolidos o tempo todo.

Confira algumas imagens desta experiência:

mag1
Uma das primeiras imagens do documentário.

 

mag7

O produtor utilizou muitas imagens que brilham, criando um efeito psicodélico. Crédito: Joey FX via Science Channel no YouTube

No jogo com ímãs, efeitos especiais foram adicionados no computador?

mag2
Crédito: Joey FX via Science Channel no YouTube

Não, inclusive uma das propostas do projeto era produzir uma experiência sensorial e visual apenas com a massa magnética e os ímãs, assim, depois da captura de imagens, o único efeito adicionado em computador seria de acelerar ou colocar câmera lenta nas imagens e nunca um efeito visual a mais. Até porque, as imagens geradas já eram psicodélicas o suficiente.

Afinal de contas, o que é um ímã?

mag4
Crédito: Joey FX via Science Channel no YouTube

Um ímã pode ser definido um objeto capaz de induzir um campo magnético à sua volta de forma natural ou artificial. Os ímãs naturais são feito de minerais com substâncias magnéticas. Um exemplo de ímãs naturais é a magnetita. Já os ímãs artificiais são divididos em: permanentes, temporais ou eletroímãs.

Nesta parte do site da física da Universidade de São Paulo (USP), você pode verificar mais detalhes sobre as propriedades gerais dos ímãs.

Ficou com vontade de assistir o vídeo de ímãs completo?

Aqui está ele, depois leia algumas explicações sobre o funcionamento dos ímãs:

Como funciona a atração e repulsão dos ímãs?

mag6
A coloração de ímãs pode gerar efeitos lúdicos. Crédito: Joey FX via Science Channel no YouTube

Lembra daquela história: os opostos de atraem? Não sabemos se na sua vida amorosa isso pode valer, mas no caso dos ímãs esse efeito é garantido. A aproximação de dois ímãs pode gerar a aproximação e a repulsão, dependendo do polo aproximado. Isso porque polos com mesmo nome se repelem e polos com nomes diferentes se atraem, ou seja:

ima1 atrac
Os opostos se atraem? Nem sempre no amor, mas nos ímãs esse efeito é garantido.

E como o polo geográfico da Terra entra nessa história?

polos globo

Os polos norte e sul geográficos não coincidem com os polos norte e sul magnéticos. Se você observar a imagem acima verifica que são, na realidade, quase opostos. Se você está se perguntando: por que quase opostos? A inclinação dos eixos magnéticos em relação aos eixos geográficos é de aproximadamente 191°, e isso faz com que seus polos sejam praticamente invertidos em relação aos polos geográficos.