História

Estados Nacionais, o que eram e como se formaram após a crise feudal

Os Estados Nacionais surgiram quando terminou o poder dos Senhores Feudais e o Rei ocupou o espaço, centralizando o poder e criando uma nação forte.

Por Adriano Curado

-

A Formação dos Estados Nacionais se deu na Baixa Idade Média, nos séculos XII a XV, na Europa Ocidental.

É que a crise do Sistema Feudal, principiada principalmente pelo crescimento da população, fez surgir o Rei. Se o Monarca era antes uma figura quase decorativa, agora tinha poderes de fato e de direito.

Assim, com o aparecimento do Absolutismo Monárquico, surgem também os Estados Nacionais. Agora as fronteiras foram delimitadas, surgiu um exército próprio e moedas padronizadas.

Você sabe como se formaram os Estados Nacionais após a crise feudal?

Contexto Histórico

Muito antes de existirem os Estados Nacionais, as terras eram divididas entre os senhores feudais. Só que o Sistema Feudal entrou em crise durante a chamada Baixa Idade Média, entre os séculos XII e XV. É que a população cresceu e já não cabia mais nos feudos, tendo começado a migrar para as cidades, chamadas de burgos.

Com isso o comércio se desenvolveu e houve o melhoramento das rotas comerciais com outras localidades. A classe dos comerciantes que vendiam nas feiras foi chamada de Burguesia, tendo passado a acumular riqueza e poder.

Ao mesmo tempo em que expandia o crescimento burguês, também definhava a influência dos senhores feudais. Com isso foi surgindo um vácuo de poder que o Rei prontamente tratou de preencher.

Você sabe como se formaram os Estados Nacionais após a crise feudal?

A solução da crise feudal

A crise do vazio de poder deixado pelo fim do senhor feudal foi resolvida com a centralização do poder. O Rei, que anteriormente era uma figura quase que decorativa, agora tinha poderes efetivos.

O soberano se tornou forte, pôde impor suas leis, comandar a arrecadação de impostos e criar seu exército. A concentração desse poder todo num único governante foi denominada de Absolutismo Monárquico.

A formação dos Estados Nacionais vem então da junção da ambição política do Rei e econômica da Burguesia. Passou-se assim a delimitar fronteiras, treinar exército próprio e cunha moedas dentro de certos padrões.

Você sabe como se formaram os Estados Nacionais após a crise feudal?

A criação dos Estados Nacionais

A Dinastia de Borgonha (ou Afonsina) foi a primeira do Reino de Portugal, principiando em 1096. Na época havia apenas um condado, que depois de tornou reino. Já na Espanha há o destaque para a Dinastia de Habsburgo, que surgiu da junção dos reinos de Aragão e Castela.

Tanto Espanha quanto Portugal tiveram seus Estados Nacionais formados depois que os mouros foram expulsos.

As Dinastias Capetíngia e a Dinastia Valois contribuíram para a formação do Estado Francês. Mas na Grã-Bretanha se sobressaíram as Dinastias de Plantageneta e Tudor.

Você achou interessante saber da formação dos Estados Nacionais? Pois então leia igualmente uma matéria sobre qual a história dos Estados Unidos.

Fonte: Mundo Educação, Toda Matéria, Sua Pesquisa, Brasil Escola, Cola da Web, Kuadro, História Net, Educabrás, Info Enem, Só História, Colégio Web.

Fonte das imagens: Wikipédia, Data MarcosFazendo História Nova, Casa de Bragança.

Próxima página »