Física & Química

Eletricidade, o que é e de que forma ela influencia na sua vida

Conheça a eletricidade, saiba seu contexto histórico, como ela atua e como é a dependência das pessoas na atualidade, que vai de eletrodoméstico a carros.

Atualizado em 13/05/2019

A eletricidade pode ser conceituada como o ramo da Física que estuda os fenômenos das cargas elétricas. Essas cargos podem estar tanto em repouso quanto em movimento.

Na atualidade, o ser humano é absolutamente dependente dela, que por sua vez está dentro dos lares, nos combustível dos veículos, na iluminação pública. Quando falta “luz” é que notamos nossa dependência, pois quase nada funciona sem ela.

Eletrizar significa o desequilíbrio do número de prótons e de elétrons de um corpo. Há três processos de eletrização, que são atrito, contato e indução.

Contexto Histórico

Saiba o que é a eletricidade e de que forma ela influencia na sua vida

A palavra eletricidade vem com grego “Eléktron”, que remete a uma reação física utilizando o âmbar, resina fossilizada. É que eles perceberam que, esfregando o âmbar na pele de animais, ele virava um ímã fraco.

Foi no século XVI que se intensificaram os estudos a seu respeito. Isso porque houve a histórica contribuição do cientista inglês William Gilbert. Só que, naquele tempo, supunha-se que os fenômenos elétricos não possuíam relação com fenômenos magnéticos.

Só que em 1820, essa dinâmica do pensamento mudou, posto que se iniciou a Era do Eletromagnetismo. É que o cientista dinamarquês Hans Christian Oersted comprovou que a corrente elétrica gerava, sim, seu campo magnético.

Atualmente, grande é a dependência da Humanidade da eletricidade, posto que sem ela o mundo pararia. Diversos são seus usos, como a luz das lâmpadas que clareia a casa, além dos eletrodomésticos em funcionamento. E já há atá veículos elétricos transitando na estradas do mundo.

Áreas de estudo da eletricidade

Devido à amplitude do conceito de eletricidade, há áreas que se dedicam ao seu estudo. Cada uma delas cuidando de um determinado aspecto.

A Eletrostática se dedica às cargas elétricas em estado de repouso, o que justamente o contrário da Eletrodinâmica. É que esta cuida da dinâmica, que está em movimento constante.

Já no eletromagnetismo se estuda a relação da eletricidade com a capacidade de reprimir e atrair polos.

Conceitos tratados pela eletricidade

Há alguns temas que se destacam no estudo que os cientistas que se dedicam à eletricidade faz deles. Os Processos de Eletrização, por exemplo, é um deles. Eletrizar quer dizer desequilibrar o número de prótons, assim como de elétrons, de um corpo.

Saiba o que é a eletricidade e de que forma ela influencia na sua vida

Vale ressaltar que há três processos de eletrização, a saber: atrito, contato e indução. A Lei de Coulomb impõe a força de interação elétrica que existe num par de partículas.

Os resistores são equipamentos que regulam a corrente elétrica em circuitos e concretizam o efeito joule. Esse efeito consiste na transformação de eletricidade em calor. Por fim, geradores e receptores são a aprendizagem sobre os equipamentos que recebem e geram energia elétrica.

A Eletricidade Estática

Denomina-se estática a eletricidade que é o processo de concentração das cargas elétricas que estão em repouso. Quando ela entra em contato ou se aproxima de outro corpo, dá-se o atrito.

Aqui há a transferência de carga para esse corpo, que vai se manifestar. Podemos exemplificar com a detonação de um dinamite feita à distância.

A Eletricidade e o Magnetismo

Esses dois fenômenos se interagem entre si. O magnetismo possui a capacidade da atração de corpos. Já a eletricidade cria um efeito magnético, pois se sujeita a condutores que autorizam a sua movimentação.

A relação existente entre os dois fenômenos é estudada pelo eletromagnetismo.

Leia também sobre a força centrífuga, o que é e como ela atua em trajetórias curvas.

Fonte: Wikipédia, Brasil Escola, Toda Matéria, Mundo Educação, Mundo da Eletricidade, Alunos Online, Significados, Mundo Vestibular, Professor Biriba.

Fonte das imagens: Dinheiro Vivo, Âmbar Báltico, Gimi, Azeheb.