Biologia

Ciclo do Nitrogênio – O que é, classificação e como funciona

Atualizado em 08/02/2020

Primordialmente, o ciclo de nitrogênio é o ciclo responsável por garantir a circulação do nitrogênio nos seres vivos e no ambiente físico. Portanto, o nitrogênio é o nutriente necessário para formar proteínas, ácidos nucléicos e outros componentes das células.

Ademais, o nitrogênio é um dos elementos com caráter fundamental na composição dos sistemas vivos.

Além disso, ele está envolvido com a coordenação e controle das atividades metabólicas.

O que é Nitrogênio

Em resumo, o ciclo do nitrogênio é responsável pela ciclagem do nitrogênio no ambiente. Com isso, ele é disponibilizado para os seres vivos e é liberado novamente para o meio. Portanto, ele pode, posteriormente, reutilizado por outros organismos.

O nitrogênio pode ser encontrados em rochas, fundos dos oceanos, até na atmosfera. Sendo que na atmosfera ele é encontrado na forma de gás, representando 79% dos gases presentes nessa camada.

Porém, mesmo sendo encontrado em grande parte da atmosfera, o gás não é utilizado pela maioria dos organismos vivo. Afinal, existem alguns que são incapazes de fixar e incorporar à matéria viva o nitrogênio atmosférico. As bactérias, são um dos organismos que são capazes de utilizar esse nitrogênio. E alguns vegetais também conseguem obter ele por meio de sais nitrogenados disponíveis no ar.

tabela-nitrogenio
Nitrogênio na Tabela Periódica – Fonte: iStock

O ciclo do Nitrogênio

Normalmente, o ciclo é dividido em algumas etapas, sendo elas:

Classificação do ciclo

Fixação: Essa parte é consistida na transformação do nitrogênio gasoso em substâncias aproveitáveis pelos seres vivos (nitrato e amônia). Esse processo pode ser físico, industrial ou biológico. A fixação física acontece quando faíscas elétricas ou relâmpagos encontram-se com o nitrogênio, formando assim a amônia. Já na fixação industrial, esse processo é feito em fábricas. Por último, a fixação biológica, é feita através de nitrogênio por micro-organismos, sendo essa a forma mais comum da fixação.

Amonificação: Sabe-se que o nitrogênio pode ser encontrado no solo, e muitas vezes, é proveniente de materiais orgânicos mortos. Por isso, quando os decompositores atuam na matéria orgânica nitrogenada, eles liberam amônia (NH3) no ambiente. Logo, essa amônia se encontra com a água do solo e forma o hidróxido de amônio. Depois disso, quando há uma ionização, é produzido um íon amônio (NH4+) e a hidroxila (OH-), e esse processo é chamado de amonização ou amonificação.

Nitrificação: É o nome dado ao processo de conversão da amônia em nitratos. Esse processo é realizado por bactérias que fazem quimiossíntese, ou seja, que utilizam a energia liberada na nitrificação para sintetizar suas substâncias orgânicas.

Desnitrificação: Nesse modo as bactérias desnitrificantes, como Pseudomonas denitrificans, são capazes de converter os nitratos em nitrogênios molecular, que volta à atmosfera fechando o ciclo.

o-ciclo-nitrogenio
Ciclo do Nitrogênio – Fonte: QI Educação

Gostou de ler sobre o Ciclo do Nitrogênio? Então leia sobre a Dopamina – Tudo sobre o neurotransmissor do prazer

Fontes: BrasilEscola, SóBiologia, MundoEducação

Fonte da imagem destaque: InfoEscola