Outros assuntos

Análise revela que o frango usado nos sanduíches do Subway não é frango

Atualizado em 14/03/2017

O frango do seu sanduíche do Subway não é 100% frango. Pelo menos foi o que revelou a pesquisa realizada pelo programa de TV canadense CBC Marketplace.

Uma análise de DNA realizada nos laboratórios da Universidade de Trent, no Canadá, revelou que apenas 53,6% do frango servido no Subway é realmente frango, a maior parte do DNA “desconhecido” era de soja, outros itens não foram identificados.

Os resultados foram parte de uma pesquisa maior que examinou produtos de frango de várias redes de fast food diferentes que operam no Canadá, incluindo o McDonald’s. No entanto, os resultados do Subway foram os mais chocantes, disseram pesquisadores.

Segundo o pesquisador Matt Harnden, da Universidade de Trent, um pedaço de frango não “adulterado”, vindo de um açougue, é composto por 100% de DNA de galinha. Depois de temperar, marinar etc, essa porcentagem diminui um pouco.

A maioria dos pedaços de frango analisados estavam muito perto dos 100%, por exemplo, o sanduíche de frango grelhado do McDonald’s continha 84,9% de DNA de galinha. Porém os dois sanduiches do Subway analisados chocaram os pesquisadores, um apresentou 53,6% de DNA de galinha e o outro 43,8% apenas.

Em resposta à polemica o Subway se manifestou:

Nossas tiras de frango e o frango assado no forno contêm 1% ou menos de proteína de soja. Nós usamos este ingrediente em nossos produtos para ajudar a estabilizar a textura e umidade. Todos os nossos itens de frango são feitos a partir de 100 por cento de carne branca de frango que é marinado, assado e grelhado.

O Subway disse que vai verificar e garantir com seu fornecedor que o frango está cumprindo os padrões da empresa.

 

Fonte: Independent.
Imagens: Subway.