História

A União Ibérica – O que foi domínio contínuo da Espanha e Portugal

A União Ibérica aconteceu entre 1580 e 1640. Ela foi a unificação das Coroas portuguesa e espanhola. Começou com uma crise.

Atualizado em 15/02/2020

Primordialmente, a União Ibérica aconteceu entre 1580 e 1640. Ela foi a unificação das Coroas portuguesa e espanhola. E foi iniciada após um momento de turbulência e crise sucessória do trono português.

Em resumo, essa crise foi a responsável pelo fim da dinastia de Avis. Logo após isso, o rei Filipe II foi coroado rei. Porém, não foi uma ação amigável e democrática, afinal, o rei tomou o poder.

Por fim, temos uma única pessoa responsável pelo governo tanto espanhol como português.

O que foi a União Ibérica?

A União Ibérica: Entenda sobre o domínio contínuo da Espanha e Portugal
Multi Rio

Primeiramente, a União Ibérica foi um período da história em que portugal, em que houve a união das Coroas de Portugal e Espanha. Logo, as posses que pertenciam ao Império Português passaram a ser controladas pelo Império Espanhol. Porém, essa centralização de poder veio a causar problemas, principalmente nas colonizações de Portugal. O Brasil é um exemplo, já que durante esse tempo ele foi invadido por ingleses, holandeses e franceses.

bandeira-ibéria
Bandeira da União Ibérica – Fonte: Electomania

Contexto Histórico

Em geral, o início da União Ibérica se deu com o sumiço do dom Sebastião. Isso porque o mesmo não havia dito nada nem escolhido quem seria seu sucessor. Logo, a ideia primária foi colocar o parente mais próximo no governo. O parente mais próximo do Dom era o cardeal dom Henrique- seu tio-avô, porém, ele logo faleceu sem também deixar herdeiros.

Diante disso, imediatamente, o rei da Espanha, Filipe II, se candidatou a assumir a vaga que havia sido deixada em sua nação vizinha. Aliás, para alcançar seus objetivos, o rei chegou a ameaçar os portugueses com o seu exército. Mesmo havendo outros dois postulantes ao trono português, Filipe II, por ter o apoio de uma grande parte da nobreza portuguesa, ganhou e foi coroado rei.

Logo, em 1580 se iniciou então a União Ibérica. E adiante desse momento, todas as possessões portuguesas passaram para o controle dos espanhóis. E o Brasil se incluía nessa lista. Porém, apesar de tentar as coisas calmas, com medo de um possível revolta, Filipe II, acabou vendo resultados negativos na União Ibérica.

Um desses pontos negativos, foi visto como uma maneira de prejudicar o rei. A ideia de invadir o Brasil, foi vista como uma forma de além de prejudicar, conseguir um ganho. Foi então que o Brasil foi invadido por holandeses, ingleses e franceses.

rei-felipe
Rei Felipe II – Fonte: Vortexmag

Invasão Holandesa no Brasil

A invasão holandesa no nordeste foi uma das consequências diretas da União Ibérica. Afinal, a Holanda possuía uma grande participação na produção do açúcar brasileiro devido a sua relação amistosa com Portugal. Todavia, a Espanha se mantinha em guerra aberta contra a Holanda. Por isso, com o domínio espanhol estendido pelo Brasil, os holandeses decidiram atacar o nordeste brasileiro a fim de garantir o total controle sobre a produção e comercialização do açúcar.

Além disso, eles também atacaram outras possessões portuguesas na costa africana. Tendo então, atacado as colônias portuguesas na África, em 1959, e a Salvador, em 1604. Eles também decidiram invadir a cidade de Salvador por um ano, assim que criaram a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais.

Em 1630, os holandeses invadiram Pernambuco e conseguiram conquistar parte  do litoral do nordeste brasileiro. Maurício de Nassau se manteve à frente da colônia holandesa por 24 anos. Por fim, nem mesmo o fim da União Ibérica fez com que o domínio holandês acabasse, foi somente em 1654, quando foram expulsos pelos portugueses.

invasao-pernambuco
Invasão da Holanda em Pernambuco – Fonte: Visite o Brasil

O fim da União Ibérica

Portanto, em 1640 quando ocorreu a Restauração Portuguesa, o movimento conseguiu colocar um fim à União Ibérica. Afinal, durante esse momento os portugueses se engajaram na luta para retomar o controle de seus territórios. Uma guerra foi travada para que houvesse a expulsão dos espanhóis, e também suspendessem a coroação D. João IV.

Por fim, quando os portugueses retomaram o controle de seu trono e territórios, foi inciado uma luta contra os holandeses, para expulsá-los de Pernambuco. Aliás, essa luta ficou conhecida como Guerra Brasílicas.

a-restauracao
A Restauração Portuguesa – Fonte: Estudo Prático

Gostou de saber mais sobre a União Ibérica? Então leia também sobre Balaiada – O que foi e as causas da revolta maranhense contra o Império

Fontes: BrasilEscola, BrasilEscola, HistóriadoMundo

Fonte da imagem destaque: HistóriadeTudo