Astronomia

7 coisas estranhas que acontecem com o seu corpo no espaço

Atualizado em 06/02/2017

1 – Perda de densidade óssea

Devido à gravidade, o corpo humano é constantemente forçado para baixo. Por isso, ficar em pé ou fazer uma simples caminhada ao redor da Terra já é considerado um grande exercício.

Porém, no espaço, a gravidade não existe e isso faz com que o corpo perca uma grande quantidade de densidade muscular e óssea. Além disso, quando um corpo não pesa, os músculos encolhem e absorvem o tecido que sobra.

2 – Insônia

Quando se dorme em um ambiente sem gravidade não existe a necessidade de camas e travesseiros confortáveis, pois o corpo flutua e relaxa facilmente, porém na prática astronautas reclamam que conseguem dormir, no máximo, seis horas por dia.

3 – “Olha mãe: cresci alguns centímetros”

Como a gravidade não está empurrando o corpo para baixo, a espinha estica e a pessoa fica mais alta no espaço. A espinha retorna à curvatura normal assim que volta à gravidade e a pessoa regressa ao seus tamanho normal após 10 dias.

4 – Piora na visão

Vôos espaciais podem ser ruim para a sua visão. As alterações encontradas no tecido ocular de astronautas podem causar problemas de visão e, possivelmente, cegueira. No espaço, as alterações são provavelmente causadas por viver em queda livre. Um mecanismo potencial é que o sangue que normalmente se acumula nas pernas é deslocado em direção ao crânio, aumentando a pressão.

5 – O sangue não flui como deveria

As pernas não recebem a mesma quantidade de sangue no espaço em comparação com a abundância de fluídos que recebe na Terra. O coração continua bombeando sangue suficiente para os membros inferiores, porém, os vasos sanguíneos da perna tornam-se preguiçosos com a falta de gravidade.

6 – Rosto inchado

Os fluidos do corpo humano são distribuídos de forma desigual devido à gravidade. Por isso, a maioria desses líquidos ficam nas extremidades inferiores. Em contraste, a vida no espaço permite que os líquidos do corpo se espalhem igualmente em todo o corpo, dessa forma suas pernas afinam e seu rosto incha.

7 – Maiores chances de desenvolver câncer

A exposição excessiva à radiação pode aumentar as chances de uma pessoa adquirir câncer. Mas essa probabilidade é ainda maior para uma pessoa que esteja no espaço, pois lá fora perdemos a proteção natural do campo magnético da Terra.

Fontes: NewScientist, Super Interessante, Nasa.