Conheça algumas das características corporais mais raras do mundo

Você acreditaria se te contássemos que na vida real existem humanos mutantes espalhados pelo mundo inteiro? Um pouco mais discretos que os mutantes das historias em quadrinhos, esses humanos impares da vida real podem passar despercebidos por nós.

Fístula pré-auricular

O buraquinho no topo da cartilagem é uma desordem congênita, chamada fístula pré-auricular, e não traz problema. Apenas 5% das pessoas apresentam essa deficiência congênita que é formada ainda durante o período fetal. Acredita-se que seja um rastro de antepassados muito antigos, de quando todos os animais possuíam brânquias. O buraquinho é herdado geneticamente e pode aparecer nas duas orelhas ou apenas em uma.

Sangue dourado

A maioria de nós aprende que existe oito tipos básicos de sangue (A, AB, B e O – cada um dos quais pode ser positivo ou negativo). Porém, existem atualmente 35 sistemas conhecidos de grupos sanguíneos, com milhões de variações em cada sistema. O tipo de sangue que não cai no sistema ABO é considerado raro, e quem têm tal sangue pode passar por sérios apuros para localizar um doador compatível quando existir a necessidade de uma transfusão.

Entre os tipos de sangue raros existe um que é considerado o mais raro do mundo. O sangue dourado, que de dourado não tem nada, não contém nenhum antígeno, ou seja, seu fator Rh é nulo! Até hoje, apenas 40 pessoas no mundo foram identificadas com essa característica, sendo que 9 delas são doadoras universais, podendo ter seu sangue usado em transfusões para qualquer outra pessoa.

Ossos incrivelmente densos

Algumas pessoas nascem com ossos incrivelmente resistentes (não tão resistente quanto o esqueleto de adamantium do Wolverine). Quando cientistas estudavam deficiências no gene LRP5, que é o responsável pela mineralização dos ossos, descobriram que uma mutação podia resultar em ossos altamente resistentes.

Quimerismo genético

O quimerismo em seres humanos é extremamente raro, há registo de apenas 40 casos. O fenômeno acontece quando dois óvulos fecundados se fundem antes do quarto dia de gestação, misturando as informações genéticas sem que o indivíduo sofra grandes mutações. Se a fusão entre os óvulos ocorrer após o quarto dia, eles produzirão gêmeos siameses.

Dentro dos quatro dias de gestação, se os óvulos fecundados forem do mesmo sexo, o indivíduo nascerá perfeito. Se os óvulos forem de sexos diferentes, o indivíduo nascerá hermafrodita. Nos casos onde os óvulos eram do mesmo sexo, o indivíduo, que não apresentava nenhum tipo de deformidade, pôde viver sua vida inteira sem se dar conta de sua característica incomum, talvez por isso haja tão poucos casos registados.

O resultado mais comum é uma pele com aparência de mosaico, com diferente cores, e também a heterocromia nos olhos.

Distiquíase

Essa desordem genética faz com que seus portadores tenham duas linhas de cílios – a atriz Elizabeth Taylor era um exemplo disso. Essa mutação não traz nenhum desconforto ou vantagem, mas, se for muito perto da mucosa dos olhos, pode acarretar em irritações.

Costelas adicionais

Essas costelas, chamadas de cervicais, costumam aparecer mais frequentemente nas mulheres e quase sempre são bem menores do que as outras. Por se localizarem perto da coluna cervical, podem trazer desconforto caso cresçam demais.

Pouca necessidade de sono

Algumas pessoas nascem com uma mutação genética no gene DEC2, o que influencia o estilo do sono da pessoa e contribui para a definição de quanto sono ela precisa para recarregar as energias.  Margaret Thatcher, Salvador Dalí, Winston Churchill e Nikola Tesla eram alguns famosos que tinham essa condição.

 

E você? Faz parte desse seleto grupo de mutantes da vida real? deixe nos comentários!

 

Fontes: Megacurioso/ Erealworld/ Wikipédia.
Imagens: Todas são reproduções da internet.


Comentários