Por que a chuva cheira?

Sabe aquele aroma delicioso que toma o ar nos primeiros minutos de chuva? Mas se água não tem cheiro, como pode existir esse cheiro de chuva tão característico?

Finalmente pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) realizaram centenas de experimentos e descobriram por que eles acreditam que a chuva traz aquele lindo perfume. Eles usaram câmeras de alta velocidade para mostrar como o cheiro de chuva fresca entra no ar.

Ao usar câmeras de alta velocidade para observar pingos de chuva atingindo várias superfícies porosas, eles descobriram que pequenas bolhas de ar ficam presas sob as gotas após o impacto, sobem à superfície e depois escapam para o ar do ambiente. É no ar liberado que iremos encontrar a raiz do perfume chamado petrichor, o cheiro que associamos à chuva.

Aroma mortal

Porém, esses pingos de chuva espalham mais do que apenas um perfume. Em um novo estudo publicado na revista Nature Communications, os cientistas descobriram que sob as condições certas, essas gotas também podem espalhar bactérias. Novamente usando câmeras de alta resolução, foi possível observar os pingos caindo no chão seco carregadas com bactérias. De acordo com o comunicado de imprensa:

Ao cair em velocidades que imitam as de uma chuva leve, a temperaturas semelhantes às das regiões tropicais, as gotas liberaram um spray de névoa, ou aerossóis. Cada aerossol transportou até vários milhares de bactérias do solo. Os pesquisadores descobriram que as bactérias permaneceram vivas por mais de uma hora depois.

Para a nossa saúde humana não existe implicações graves, porém para a agricultura pode ser um problema. Se uma planta doente contamina o solo ao seu redor com patogêneo, uma chuva que viesse em seguida poderia espalhar mais ainda a contaminação, infectando outras partes da plantação.

Você pode ver como as gotas de chuva formam essas bolhas de ar no vídeo a baixo:

 

Fonte: Mother Nature Network.
Imagem: Reprodução.


Comentários