Inversão dos polos magnéticos da Terra pode causar fim do mundo?

Você pode imaginar que o campo magnético da terra é fixo e não sofre mudanças com o tempo, até certo ponto você está certo. Mas o campo magnético da Terra realmente muda. De vez em quando – da ordem de várias centenas de milhares de anos – o campo magnético se inverte, norte aponta para o sul, e vice-versa.

À esquerda, o campo magnético da Terra como estamos acostumados. À direita, um modelo de como o campo magnético pode ficar em uma inversão.

O que diz a comunidade cientifica?

Esse fenômeno tem intrigado geofísicos  do várias partes do mundo há várias décadas, o que se sabe é que o campo magnético da Terra tem diminuído nos últimos 160 anos em um ritmo alarmante.

Esse colapso está centrado em uma enorme extensão no hemisfério sul, entendendo-se do Zimbábue  ao Chile, a intensidade do campo magnético lá é tão fraca que é considerada uma região de perigo para satélites que orbitam acima da área.

O campo fica mais fraco a cada ano, nos alertando de um possível evento apocalítico, ou não. Pois de fato ainda não se compreende qual seria os efeitos reais de uma inversão dos polos magnéticos, o que aumenta a urgência de cientistas em entender o fenômeno.

Artigo originalmente postado no The Conversation.

 


Comentários